ANTT atende a pedidos de novas linhas e mercados de várias empresas, como Expresso Brasileiro e EMTRAM

Publicado em: 23 de agosto de 2019

No dia 1º de setembro de 2017, o Grupo Águia Branca assumiu oficialmente a Expresso Brasileiro, de São Paulo. Foto: Adamo Bazani (Clique para ampliar)

Deliberações da Agência foram favoráveis também às empresas Santa Izabel, Real Maia Transportes Terrestres, União Santa Cruz, Viação Rio Doce, Viação Santa Cruz e Unesul

ALEXANDRE PELEGI

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou nesta sexta-feira, 23 de agosto de 2019, uma série de deliberações em resposta a pedidos de empresas de ônibus que operam linhas regulares interestaduais e internacionais.

A empresa Santa Izabel Transportes e Turismo Ltda foi autorizada a implantar a linha Brasília/DF – Unaí/MG, via Cabeceira Grande/MG, com o mercado de Brasília/DF, para Cabeceira Grande/MG como seção.

A Auto Viação Catarinense Ltda foi autorizada a suprimir as seguintes seções, da linha Foz do Iguaçu/PR – Rio de Janeiro/RJ, prefixo nº 09-0341-30:

I – De: Foz do Iguaçu/PR, Medianeira/PR, Cascavel/PR, Guarapuava/PR, Ponta Grossa/PR, Itapeva/SP, Itapetininga/SP, Sorocaba/SP, São José dos Campos/SP, Taubaté/SP, e Aparecida/SP, para: Nova Iguaçu/RJ.

A Agência atendeu à empresa Rota do Mar Viagens Ltda fazendo a regularização administrativa da linha São Luís/MA – Altamira/PA, prefixo nº 15-9607-00 e suas respectivas seções

Já a Real Maia Transportes Terrestres Eireli foi autorizada a implantar as seguintes seções na linha São Felix do Xingu (PA) – Teresina (PI), prefixo nº 02-0014-00:

I – De: Marabá (PA), para: Timon (MA), Alto Alegre do Maranhão (MA), Araguatins (TO), Imperatriz (MA), Bacabal (MA), Teresina (PI), Santa Inês (MA), Peritoró (MA), Açailândia (MA), Santa Luzia (MA);

II – De: Araguatins (TO), para: Buriticupu (MA), Timon (MA), Alto Alegre do Maranhão (MA), Imperatriz (MA), Bacabal (MA), Teresina (PI), Santa Inês (MA), Peritoró (MA), Açailândia (MA), Santa Luzia (MA);

III – De: Imperatriz (MA), Açailândia (MA), Bacabal (MA), Buriticupu (MA), Santa Inês (MA), Santa Luzia (MA), Peritoró (MA), para: Teresina (PI).

A Viação União Santa Cruz Ltda teve seu pedido atendido pela ANTT para a implantação da linha Santa Maria (RS) – Joinville (SC), via Lajeado com os mercados a seguir como seções:

I – De: Santa Maria (RS), para: Joinville (SC), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Picarras (SC), Barra Velha (SC);

II – De: Santa Cruz do Sul (RS), para: Joinville (SC), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Picarras (SC), Barra Velha (SC);

III – De: Venâncio Aires (RS), para: Joinville (SC), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Picarras (SC), Barra Velha (SC);

IV – De: Estrela (RS), para: Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Joinville (SC);

V – De: Novo Hamburgo (RS), para: Joinville (SC), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Picarras (SC), Barra Velha (SC);

VI – De: São Leopoldo (RS), para: Joinville (SC), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Itapema (SC), Balneário Camboriú (SC), Itajaí (SC), Picarras (SC), Barra Velha (SC).

A Viação Riodoce Ltda foi autorizada pela Agência a implantar a linha Manhuaçu (MG) – Rio de Janeiro (RJ), com as seguintes seções:

I – De: Muriaé (MG), Laranjal (MG), Leopoldina (MG) e Além Paraíba (MG)

Para: Rio de Janeiro (RJ); e

II – De: Leopoldina (MG)

Para: Petrópolis (RJ).

A empresa Viação Santa Cruz Ltda teve seu pedido atendido para a implantação da linha Campo do Meio (MG) – São Paulo (SP), via Alfenas (MG), com os mercados a seguir como seções:

I – De: São Paulo (SP), para: Campo do Meio (MG), Campos Gerias (MG), Alfenas (MG) e Machado (MG)

Já a Expresso Brasileiro Viação Ltda poderá implantar o mercado Rio de Janeiro (RJ) – São Paulo (SP) como seção na linha São Bernardo do Campo (SP) – Rio de Janeiro (RJ), prefixo nº 08-0199-00.

A empresa EMTRAM – Empresa de Transportes Macaubense Ltda foi autorizada pela ANTT a implantar a linha Xique-Xique (BA) – São Paulo (SP), via Barra da Estiva (BA) / Montes Claros (MG), com os mercados a seguir como seções:

I – De: Central (BA), Irecê (BA) e Morro do Chapéu (BA), para: São Paulo (SP).

Já a Real Expresso Ltda teve autorização para:

I – implantar a seção Uberaba (MG) – São Paulo (SP) na linha Catalão (GO) – São Paulo (SP), prefixo nº 12-0364-60;

II – suprimir as seções Catalão (GO) – Campinas (SP) e Araguari (MG) – Campinas (SP) da linha Catalão (GO) – São Paulo (SP), prefixo nº 12-0364-60.

Por fim, a empresa Unesul de Transportes Ltda foi autorizada a suprimir seções da linha Francisco Beltrão (PR) – Porto Alegre (RS), prefixo nº 09-0261-00.

I – De: Vitorino (PR), para: Abelardo Luz (SC), Bom Jesus (SC), Xanxerê (SC), Nonoai (RS), Trindade do Sul (RS), Três Palmeiras (RS), Ronda Alta (RS), Rondinha (RS) e Sarandi (RS);

II – De: Chapecó (SC), para: Novo Hamburgo (RS), Esteio (RS) e Canoas (RS).

FRETAMENTO

A ANTT, em 3 deliberações, recadastrou empresas autorizadas para a prestação do serviço de fretamento interestadual e internacional de passageiros e autorizou novas empresas a operar nessa categoria.

AUTORIZAÇÕES:

FRETAMENTO_AUT_23 AGOSTO

RECADASTRAMENTO:

 

FRETAMENTO_23 AGOSTO.png

TRANSPORTE REGULAR

Em outras duas deliberações a ANTT recadastrou empresas para que continuem  a prestar serviço regular de transporte rodoviário coletivo interestadual e internacional de passageiros:

REGULAR_23 AGOSTO.png

PENALIDADES

Duas empresas foram penalizadas pela Agência, com declaração de Inidoneidade pelo prazo de 3 anos: empresa Gomes Turismo Eireli – EPP e empresa Tonietto Turismo Ltda – ME.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. ROBERTO ANDRADE DA SILVA disse:

    ANTT TEM DE MUDA E A NORMA DA LICENÇA DA LISTA DE PASSAGEIRO NA AREIA DO TURISMO FRETAMENTO AS EMPRESA JÁ PaGA CARRO NOS IMPOSTO TEM DE MELHORAR MAIS AINDA QUE NEM O SETOR RODOVIARIO E OUTRA AS EMPRESAS QUE JÁ FAS LINHA RODOVIARIA NÃO ERA NEM PARA FAZER LISTA DE PASSAGEIRO
    MUDA A FORMA

  2. Roston Gomes disse:

    Poxa Vida ANTT e CATARINENSE por que não pediram uma SECCAO também da Linha FOZ AO RIO PARA UMA PARADA EM GUARULHOS
    GUARULHOS precisa muito de um atendimento para FOZ DO IGUACU vossa pedirá. Secções e paradas para Várias Cidades ao Lado da VIA DUTRA E não lembraram de GUARULHOS
    GUARULHOS TEM UMA.Otima Rodoviária NOVINHA A QUAL FORAM GASTOS EM SUA ULTIMA reforma 19 milhões de reais
    Com.otimos acessos com vias e Avenidas Largas com.Otimo acesso na VIA DUTRA.NO.KM 219 este acesso fica a 2.Kilometros da DUTRA
    GUARULHOS.POSSUE UMA.POPULACAO DE 1500.000 DE HABITANTES (SENDO ASSIM COM DEMANDA DE.PASSAGEIROS
    Temos integração com.os Trens da Ctpm ao lado da RODOVIARIA na Estação CECAP estamos também ao lado do AEROPORTO DE CUMBICA (SEM.DUVIDA TEMOS UM GRANDE MOVIMENTOS DE TRANSEUNDES E PASSAGEIROS NECESSITADOS EM TRANSPORTORTES RODOVIARIOS) NECESSITAMOS DE.LINHAS PARA.O NORDESTE FOZ DO IGUACU BRASILIA CURITIBA FLORIANOPOLIS PORTO.ALEGRE DENTRO.OUTRAS
    as linhas existentes na RODOVIARIA DE GUARULHOS TEM sido sucesso a Cada Semetre só no.primeiro semestre de 2.019 foi registrado um aumento de 32% do.volume de.passageiros
    FICA.AI.O.APELO AS EMPRESAS.RODOVIARIAS LEVAREM SUAS LINHAS PARA GUARULHOS
    E A CATARINENSE PERDEU ESTA.OPORTUNIDADE DE ATENDER GUARULHOS

Deixe uma resposta