Governo da Bahia anuncia pesquisa Origem e Destino em Ilhéus e Itabuna

Reunião teve a participação de representantes da Seinfra, das Prefeituras de Ilhéus e Itabuna e do Consórcio Mobilidade Inteligente Foto: Fonte: Ascom / Seinfra

Projeto de duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna, a rodovia Jorge Amado, também será beneficiado com os resultados da pesquisa O/D

ALEXANDRE PELEGI

As cidades de Ilhéus e Itabuna, polos da Região Cacaueira no litoral sul da Bahia, terão uma pesquisa de origem e destino contratada pelo governo do estado.

A pesquisa, a ser realizada pelo Consórcio Mobilidade Inteligente, coletará informações atualizadas de mobilidade urbana sobre percursos realizados pela população e sobre os indicadores socioeconômicos da comunidade das duas cidades.

Uma reunião realizada nesta quarta-feira, 07 de agosto de 2019, na sede da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), debateu o assunto com representantes das duas cidades.

O objetivo do trabalho é produzir um diagnóstico que sirva de suporte para a reestruturação das redes de transporte nos municípios. O projeto de duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna, a BR-415, a rodovia Jorge Amado, também será beneficiado com a pesquisa O/D.

ilheus_a_itabuna

Ilhéus e Itabuna contam com uma população de quase 380 mil habitantes.

Segundo o governador Rui Costa, as obras de duplicação da BR 415 serão iniciadas ainda este ano.

Em entrevista à imprensa local nesta semana o governador afirmou que o projeto já está finalizado, e que apenas aguarda aprovação do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

A obra tem custo estimado de R$125.980.000,00 e integra o PAC Mobilidade.

A rodovia é um corredor de exportação, que integra o porto de Malhado, em Ilhéus, e de turismo, na Costa do Cacau. A obra vai beneficiar 511 mil habitantes, incluindo a população dos municípios de Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta