Prefeitura de Pindamonhangaba abre licitação dos transportes públicos

Ônibus da operadora atual, Viva-Pinda. Foto: Ezequiel Vicente Fernandes – Clique para Ampliar

Propostas devem ser entregues no dia 05 de setembro

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, publicou nesta terça-feira, 06 de agosto de 2019, aviso de licitação do sistema de transportes da cidade.

O edital completo deve ser disponibilizado no site oficial ainda hoje.

A modalidade é por concorrência pública e a entrega das propostas está prevista para o dia 05 de setembro.

Desde o dia 15 de outubro de 2006, os serviços na cidade são prestados pela empresa Viva-Pinda, que a partir de 19 de abril de 2009, passou a ser controlada pelos grupos empresariais PHD Participantes Societarias LTDA e IAC Participações, segundo o portal da própria companhia, que possui 38 ônibus e 4 micro-ônibus.

As linhas são:

101 – Oliveiras

102 – Feital

103 – Santa Cruz

104 – Piracuama

105 – Pasin – Mantiqueira – Liberdade

106 – Bairro das Campinas

108 – Morumbi – Castolira

109 – Crispim – Hospital

110 – Ribeirão Grande

111 – Araretama Direto

112 – Pinhão do Una

113 – Araretama – Cidade Jardim

116 – Moreira – Vale

De acordo com o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a estimativa populacional de Pindamonhangaba em 2018 era de 166.475 pessoas.

A renda per capita é de R$ 41.328,58.

Ainda de acordo com o IBGE, Pindamonhangaba possui uma área territorial de 729,998 km².

As via urbanizadas correspondem a 38% do total da cidade.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Gilson Elias da Silva disse:

    Agora sim, moro em Pindamonhangaba e já perdi a conta de quantas vezes fui pra casa a pé porque não tem ônibus. Os serviços prestados pela empresa atual a viva Pinda é horrível. Uma cidade como Pindamonhangaba com exemplos bons em muitas áreas e com mais de 150 mil habitantes ter um serviço de tão péssima qualidade quanto o transporte coletivo. Tomar que abra a concorrência para melhorar o transporte para a população pindense.

  2. Dalva disse:

    Concordo plenamente sou deficiente e a viva pinda bloqueou meu passe e alega que não aceita o laudo do médico neuro dai pedi a copia do prontuário pois ela afirma que tem que ter carta do médico desde do primeiro dia de tratamento demorou mas vou mandar amanhã junto com laudo médico atual porém o único neuro da rede sus de pinda esra de licença por doença e eu tenho ja 6 meses sem passe preciso me locomoção para médico e tenho que pagar e mesmo assim tem pessimos funcionários motoristas que sao negligente !

  3. Jeconias rodrigues de oliveira disse:

    Bom dia e os transporte complementa das vans vai ter licitação também

Deixe uma resposta