Volvo vende 50 ônibus articulados com carroceria Comil Doppio para a República Dominicana, no Caribe

Publicado em: 31 de julho de 2019

Ônibus articulado com chassi B340M e carroceria Comil Doppio. Foto: Divulgação para o Diário do Transporte / Volvo.

Brasil também exporta 20 urbanos Comil Svelto com chassi Iveco para o país

JESSICA MARQUES

A Volvo informou, por meio de nota, que vendeu 50 ônibus articulados com chassi B340M e carroceria Comil Doppio para a República Dominicana, no Caribe. Segundo a fabricante, com 22 metros, os veículos têm capacidade 30% maior do que articulados tradicionais, de 18m.

Os ônibus foram adquiridos por meio de licitação pelo Operador Metropolitano SA, empresa pública que gerencia o transporte coletivo da cidade de Santo Domingo, conforme informado pela Volvo ao Diário do Transporte.

Além dos articulados, Santo Domingo também vai receber ônibus urbanos com motores dianteiros Comil Svelto estão acoplados sob chassi Iveco S170S28 e possuem 13,20 metros de comprimento. As primeiras unidades já estão prontas, segundo informado pela Comil ao Diário do Transporte.

“Com 36 e duas portas, também são equipados com ar-condicionado com saída individualizada para o motorista, além de câmeras de vídeo internas e de ré. É um projeto que teve cada detalhe trabalhado visando a melhor solução para o transporte urbano de Santo Domingo”, informou a Comil, em nota.

Neste caso, as unidades serão entregues em conjunto com o concessionário VV Autos, à Oficina Metropolitana de Serviços de Autobuses (OMSA) no decorrer deste ano.

bf6ae449-b4ff-40bf-8ccc-ed8bb8499562.jpeg

Com motores dianteiros, Comil Svelto estão acoplados sob chassi Iveco S170S28. Foto: Divulgação / Comil.

Por sua vez, os articulados Comil com chassi Volvo entram em circulação no segundo semestre e vão fazer integração com linhas alimentadoras de ônibus e também com o metrô, otimizando o fluxo de passageiros em toda a região metropolitana da capital.

VOLVO TEM MAIOR PARTICIPAÇÃO

Com os 50 ônibus, a Volvo informou que foi vencedora da maior fatia (63% de participação) do lote de articulados para ampliação da frota de Santo Domingo. O negócio foi fechado pelo Grupo Martí, distribuidor exclusivo da marca na República Dominicana.

“Essa grande participação reflete nossa liderança em ônibus articulados e biarticulados na América Latina. Temos o melhor produto e a maior experiência nesse tipo de veículo. Nossos articulados vão aumentar a capacidade de transporte em Santo Domingo, onde até então só operavam veículos menores. Transportando mais passageiros, os novos Volvo vão melhorar muito a mobilidade urbana desta que é uma das mais populosas metrópoles do Caribe”, afirmou, em nota, Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

A Volvo informou que é a maior fornecedora de chassis articulados na renovação da frota de Santo Domingo, capital do país. Com cerca de quatro milhões de habitantes, a cidade é a maior aglomeração urbana da República Dominicana e a maioria da população se desloca por ônibus.

“Com esses articulados de grande capacidade, os maiores da América Latina na configuração 6×2, as viagens serão mais rápidas, seguras e confortáveis”, afirmou Tiago Mondoni, Gerente Regional da Volvo Buses Latin America.

“Mesmo com 22 metros os articulados Volvo mantêm a tradicional configuração com apenas um eixo traseiro, reduzindo custos para o operador sem prejuízo à segurança e ao conforto dos usuários”, informou a fabricante, em nota.

A fabricante informou ainda que os Volvo B340M contam com o tradicional motor eletrônico central dos chassis da marca, em uma configuração que assegura melhor aproveitamento de espaço no salão. Os 50 ônibus vêm com ar-condicionado.

“O motor central, abaixo do piso, garante também melhor conforto térmico e acústico, essenciais para veículos de alta capacidade. Além disso, os chassis têm altíssima tecnologia embarcada, com arquitetura eletrônica que integra todos os sistemas do veículo – motor, transmissão, freios, suspensão etc”, informou a fabricante.

“Já tínhamos boa participação em veículos rodoviários na República Dominicana, com ônibus para fretamento, turismo e linhas regulares. Agora passamos a oferecer toda nossa experiência em chassis urbanos de alta capacidade, com pós-venda ativo e alta disponibilidade veicular”, finalizou Tiago Mondoni.

Volvo é líder em articulados e biarticulados

Além das entregas Volvo para Santo Domingo, no primeiro semestre de 2019 a marca fez entregas expressivas para cidades como São Paulo (120 chassis convencionais e 25 articulados), Curitiba (65 chassis biarticulados, articulados e convencionais), Santiago (120 chassis convencionais), Bogotá (700 chassis biarticulados e articulados), dentre outras.

A fabricante informou que é líder em ônibus articulados e biarticulados, com mais de 50% de participação na frota circulante desse tipo de veículo no continente.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta