Empresas de ônibus de Salvador (BA) renovam frota com 169 ônibus zero-quilômetro

Publicado em: 31 de julho de 2019

Veículos foram adquiridos pela Plataforma Transportes e pela OT Trans

JESSICA MARQUES

Duas empresas de ônibus de Salvador, capital da Bahia, estão em processo de renovação de frota e compraram, juntas, em torno de 169 ônibus zero-quilômetro. Ao todo, foram 77 unidades para a empresa Plataforma Transportes e 92 unidades para a OT Trans (Ótima Transportes).

Todos os novos ônibus são do modelo Mercedes-Benz OF 1724, com preparação para ar-condicionado, atendendo à nova legislação no município. Os veículos têm previsão para entrar em operação entre os meses de agosto e setembro.

Todos os ônibus vão ter o financiamento do Banco Mercedes-Benz. No caso da Plataforma Transportes, 100% dos veículos serão financiados pela modalidade Refrota.

“É uma grande conquista para a Mercedes-Benz ter sido a marca escolhida para renovação de frota, em uma cidade que não comprava ônibus há quatro anos e numa região marcada pela forte presença da concorrência. A melhor performance de nossos produtos e serviços e o nosso custo operacional foram fatores determinantes na hora da negociação”, afirmou Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Os veículos adquiridos pela OT Trans de Salvador vêm com carroceria Caio Apache Vip IV. Os 77 ônibus da Plataforma Transportes foram encarroçados pela Neobus, de acordo com a Mercedes-Benz.

Segundo informações da Caio, estes novos ônibus são equipados com ar-condicionado e barreiras aos efeitos solares dos vidros na cor fumê, proporcionando mais conforto térmico e comodidade aos passageiros durante as viagens.

Os veículos contam também, com monitoramento por câmeras, iluminação em LED e itinerários eletrônicos. Com capacidade total para 73 pessoas, comprimento de 13,2 metros e três portas de acesso, oferecem total acessibilidade, pois são equipados com elevadores semiautomáticos, dois espaços para cadeirantes e poltronas destinadas a pessoas com deficiência (PcD), mobilidade reduzida e idosos.

A encarroçadora informou que a OT Trans é tradicional cliente Caio. “Sua frota conta com 870 veículos, sendo mais de 60% composta pelo modelo Apache Vip, motor dianteiro, líder de vendas no mercado de urbanos no Brasil, produzido pela Caio.”

Os veículos produzidos para a OT Trans serão apresentados pela Prefeitura no dia 10 de agosto, ainda segundo a Caio.

Ambas as empresas também são tradicionais clientes da montadora Mercedes-Benz. A empresa Plataforma Transportes conta atualmente com uma frota de mais de 700 ônibus, dos quais 240 são da marca.

Para nós, o consumo de combustível do chassi Mercedes-Benz, é a principal vantagem sobre os concorrentes, além de ser uma marca de notória confiabilidade, credibilidade e segurança”, afirmou o diretor Lucas Carvalho de Souza.

Por sua vez, Rogério de Almeida Braga, diretor presidente da OT Trans, informou que tem uma frota composta por 816 ônibus, dos quais 544 são Mercedes-Benz.

“Desde o início de nossa história, temos tido um bom relacionamento com a marca. Os seus ônibus nos conquistaram pela robustez e mais economia de combustível. Além disso, sempre que precisamos, temos todo o suporte necessário de pós-venda, como a reposição de peças, por exemplo”, afirmou o empresário.

A participação de mercado da Mercedes-Benz na cidade de Salvador apresentou aumento nos últimos anos. De 6,4% ao longo de todo o ano de 2017 passou para 25,4% nos 12 meses de 2018. Agora, considerando o primeiro semestre de 2019, a marca atingiu 40% de participação em Salvador.

PROMESSA DE NOVOS ÔNIBUS

O prefeito de Salvador ACM Neto anunciou em março deste ano que, depois de diversas reuniões, os empresários do setor de transporte acataram a proposta do município para colocar em circulação mil novos ônibus, todos com ar-condicionado, até 2022.

“Desse total, 250 serão integrados à frota ainda este ano, na seguinte forma: 125 até 20 de julho e 125 até 20 de setembro. Em 2020, 2021 e 2022, a renovação deve ocorrer até 30 de junho (250 veículos por ano)”, informou a Prefeitura, em nota.

A renovação da primeira parte da frota era uma exigência do Executivo municipal para autorizar o reajuste no valor da passagem, que passou para R$ 4.

As negociações entre Prefeitura e empresários, com a intermediação do MP-BA, começaram no início deste ano, com a sucessão de várias reuniões com as presenças, pelo município, de representantes da Casa Civil, Secretaria de Mobilidade (Semob) e Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal). Essas negociações resultaram na assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre as partes.

“Fechamos o acordo, que está assinado em documento elaborado com a participação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), para garantir que, em 4 anos, a cidade terá mil novos ônibus circulando com ar-condicionado, representando quase metade da frota. Vamos fiscalizar o cumprimento desse acordo, que está assinado em documento. Caso o acordo não seja cumprido, vamos anular o aumento da passagem”, explicou ACM Neto.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. José Antônio Reis disse:

    Para o usuário do transporte coletivo, independente da marca da montadora (VW, M. Benz, Scânia ou Volvo) ou de marca de carroceria ( Caio, Neobus, Ciferal), o que interessa é que o buzu seja novo, seguro e confortável. O resto, é conveniência de empresário.

  2. #DudadaBahia disse:

    Os novos ônibus, terão vidros que impedirá a penetração do sol. Será que serão escurecidos? E se forem escuro a visibilidade para quem olha de fora será também reduzida, deixando a bandidagem a vontade na hora dos assaltos! Porém se falou em câmeras de segurança, será que é vas com identificação fácil! Essas que vem colocando os bandidos de Salvador nas garras da Rondesp? Tomara que sejam!

  3. Rodrigo Zika! disse:

    Na minha opinião todos os veículos no país deveriam ser o obrigados a vir com ar condicionado, seja pelo preço absurdo que se paga, ou pelo clima de cada cidade.

  4. Zé Tros disse:

    São 170 ônibus, segundo a nota da Mercedes-Benz:

    1. blogpontodeonibus disse:

      A própria Mercedes-Benz, ZéTros, retificou. São 169.

      1. Zé Tros disse:

        Beleza.

Deixe uma resposta