CCR atinge participação majoritária na concessionária do VLT Carioca

Após três anos de operação, a concessionária do VLT do Rio de Janeiro pediu suspensão do contrato no início do mês. Foto: Divulgação.

Empresa de concessões de infraestrutura chegou a 50,31%

JESSICA MARQUES

A empresa de concessões de infraestrutura CCR informou nesta terça-feira, 23 de julho de 2019, que sua controlada CIIS atingiu participação de 50,31% na Concessionária do VLT Carioca.

“A companhia esclarece que tal participação foi alcançada em razão da verificação de certas hipóteses previstas no acordo de acionistas, que implicaram a diluição acionária dos demais acionistas”, informou a CCR, conforme divulgado por Aluísio Alves, da Reuters.

O Diário do Transporte entrou em contato com a CCR, que confirmou a informação.

SUSPENSÃO

Após três anos de operação, a concessionária do VLT do Rio de Janeiro pediu suspensão do contrato no início do mês, em 03 de julho de 2019. O VLT Carioca entrou na Justiça com o pedido de rescisão do contrato de concessão.

Segundo a empresa, a solicitação é fruto de uma dívida de mais de R$ 150 milhões e do descumprimento do contrato por parte da Prefeitura. O VLT Carioca informou que a inadimplência dura mais de um ano.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/07/04/apos-tres-anos-de-operacao-concessionaria-do-vlt-do-rio-de-janeiro-pede-suspensao-do-contrato/

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Ernane B. Albuquerque disse:

    Infelizmente a implantação deste modal na cidade não foi calculada

Deixe uma resposta para Ernane B. Albuquerque Cancelar resposta