Justiça atende Rio Ônibus e reduz tempo de integração do Bilhete Único

Segundo autor do projeto de lei que aumentou o tempo de integração, meia hora a mais é necessária porque o trânsito na cidade piorou e 2h30 não eram suficientes mais, fazendo com que muita gente fosse obriga a pagar a passagem. Foto: Gustavo Bonfate – Clique para Ampliar

Tempo que era de três horas caiu de novo para 2h30

ADAMO BAZANI

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro atendeu a uma ação do Rio Ônibus, sindicato que representa os empresários de ônibus,  e o tempo de integração pelo Bilhete Único caiu de três horas para 2h30, como era antes.

Em março, a Câmara Municipal aprovou projeto de lei determinando o período de três horas de integração. O prefeito Marcelo Crivella chegou a vetar o projeto, mas a Câmara derrubou o veto.

Na ocasião, o vereador Dr. Jorge Manaia (SD) disse que o aumento de meia hora era necessário porque as condições de trânsito pioraram na cidade e que o tempo de 2h30 não era mais suficiente para muitas pessoas que começaram a ser obrigadas a desembolsar a segunda passagem.

O Bilhete Único permite integração entre dois ônibus municipais BRT, VLT ou van legalizada.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transporte

Deixe uma resposta