Metrô abre licitação para fornecimento de veículo de manutenção de trilhos

Publicado em: 20 de junho de 2019

Equipamento deve ter vida útil estimada em 30 anos para corrigir trilhos da linha 5-Lilás. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) – Clique para Ampliar

Entre os serviços que o equipamento deve fazer é a correção de ondulações.  Propostas devem ser apresentadas no dia 06 de agosto

ADAMO BAZANI

O Metrô de São Paulo abriu licitação para empresas nacionais ou estrangeiras interessadas em fornecer um veículo especial para manutenção dos trilhos, com recursos remanescentes da expansão da linha 5-Lilás.

De acordo com o edital, de 142 páginas, o equipamento deve ser usado para serviços como correções de ondulações nos trilhos, rebarbação (retirada de rebarbas),  reperfilamento (que  melhora a superfície de contato dos trilhos ), sempre obedecendo um determinado trecho a ser corrigido por dia de atividade.

Além disso, a licitação exige que o veículo tenha condições de ser aplicado em pontos onde os trens mudam de trilhos, nas áreas de localização dos AMVs – Aparelhos de Mudança de Via.

O equipamento deve ter vida útil estimada, incluindo os fornecimentos de peças e manutenção, de 30 anos

Todos os serviços devem ser feitos durante a madrugada, fora, portanto, da operação comercial do Metrô, quando for necessário que o veículo vá até os trilhos por onde circulam as composições transportando passageiros.

A entrega das propostas está prevista para o dia 06 de agosto na sede do Metrô.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    Adamo, se a linha 5 é operada pela CCR, ela não poderia adquirir esse equipamento sem a necessidade de licitação?

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Este equipamento ja tinha de estar comprado e apto para operacao a partir do dia que a operacao inicial da linha lilaz bem como antes da operacao do novo trecho da linha Lilas.

    Meesmo sendo uma PPP, cade a eficiencia e eficacia.

    Este pode ser um dos motivos das muitas falhas que vem ocorrendo na linha Lilaz.

    BARSIL MUDA OU AFINDA.

    ACELERA SAMPA.

    Att,

    Paulo Gil

  3. André disse:

    O governo concede a linha a iniciativa privada , e quem compra o equipamento é o estado… Brasil, mostra sua cara! CPI da CCR já !

  4. Ivo disse:

    William e Paulo, esse equipamento não é para a Linha 5-Lilás (que já o possui), mas sim para ser usado nas linhas 1,2 e 3. O Metrô está usando um saldo residual das obras da Linha 5 para adquirir essa máquina.

Deixe uma resposta