Proterra anuncia parceria com a Mitsui para reduzir custos na compra de ônibus elétrico nos EUA

Novo programa permitirá a compra dos ônibus separadamente de suas baterias, o que deixará o preço dos veículos similares aos dos movidos a diesel

ALEXANDRE PELEGI

A Proterra, uma startup americana de ônibus elétricos, anunciou nesta semana uma parceria com a Mitsui & Co. para a criação de uma linha de crédito de US$ 200 milhões (R$ 785 milhões) em apoio a um programa de aluguel de baterias.

A ideia é acelerar a adoção dos ônibus elétricos nos sistemas de transporte coletivo das cidades dos Estados Unidos.

Com a parceria com a japonesa Mitsui & Co., uma das companhias mais diversificadas do mundo – comércio, investimentos e serviços –, a Proterra acredita que poderá tornar os ônibus elétricos mais acessíveis, além de ajudar na transição das frotas para a eletricidade em uma escala muito maior.

De acordo com a Proterra, o novo programa permitirá que os clientes do setor de transportes possam comprar ônibus elétricos separadamente de suas baterias, fazendo com que esses veículos “tenham aproximadamente o mesmo preço que um ônibus a diesel“, graças à possibilidade de poderem alugar as baterias ao longo dos 12 anos de vida útil do ônibus.

A montadora americana alega que o novo programa de leasing “remove uma das maiores barreiras para a adoção de ônibus elétricos“, permitindo que as agências de transporte dos EUA possam modernizar suas frotas mais rapidamente, a fim de atingir as metas de zero carbono muito mais cedo.

Para o CEO da Proterra, Ryan Popple, a facilidade de crédito inédita para o transporte público é um marco significativo na evolução para tornar a tecnologia de veículos elétricos pesados ​​acessível através de modelos inovadores de financiamento. “O contínuo apoio da Mitsui como um parceiro confiável para essa instalação servirá como uma base para o programa de aluguel de baterias Proterra se expandir e permitir que as agências de transporte em toda a América do Norte tragam transporte limpo e silencioso para suas comunidades”, afirmou Popple.

Yosuke Matsumoto, Gerente Geral da Divisão de Novos Negócios e Inovação da Mitsui, comentou a parceria, afirmando que a iniciativa para apoiar a Proterra, à medida que a empresa expande seu programa de aluguel de baterias, permitirá a rápida adoção e uma ampla comercialização de seus ônibus elétricos. “Há uma oportunidade única para os mercados fornecerem o capital necessário para acelerar a transição iminente para as frotas de ônibus 100% bateria-elétrica e reduzir as emissões de carbono”, afirmou Matsumoto.

No Brasil, a Mitsui participa da Linha 4-Amarela do Metrô de SP, primeiro projeto de PPP no setor de transporte no Brasil, além de atuar desde os anos 1950 no fornecimento de material rodante, equipamentos e serviços para o mercado ferroviário. Recentemente, a Mitsui assumiu o controle acionário da Supervia, empresa que opera trens urbanos em 12 municípios do Rio de Janeiro.

UNIVERSIDADE DA GEÓRGIA ADQUIRE 20 ÔNIBUS PROTERRA

No início do mês de abril a Universidade da Geórgia, no estado americano de mesmo nome, adquiriu 20 ônibus elétricos da Proterra. Com a aquisição, a Universidade terá uma das maiores frotas de ônibus elétricos nos EUA.

Foram adquiridos 20 ônibus modelo Proterra Catalyst E2, de 40 pés (12,2 metros). Para a aquisição, foram utilizados recursos provenientes do “GO! Transit Capital Program”, administrado pela Autoridade Estadual de Estradas e Rodovias da Geórgia.

De acordo com o comunicado de imprensa, durante a vida útil de 12 anos dos veículos, a frota de elétricos vai deixar de usar mais de 2.500.000 galões de diesel e eliminar mais de 2.000 toneladas/ano de emissões de carbono.

Além dos ônibus, o campus da Universidade terá 14 carregadores rápidos DC (125 kW Proterra PCS).

A versão DuoPower está equipada com dois motores elétricos para um melhor desempenho.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: