ANTT autoriza empresas de ônibus em linhas regulares e concede pedidos da Gontijo, Catarinense e Guanabara

Publicado em: 15 de abril de 2019

Ônibus da Gontijo que obteve autorização para implantar a linha São Paulo (SP) – Araçuaí (MG), com seções. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) – Clique para Ampliar

Decisões envolvem também Expresso Maia Ltda, Helios Deux Coletivos e Cargas Ltda, KIM Serviços de Turismo Eirelli EPP, VBP Transportes Ltda, Viação Central Bahia de Transportes Ltda, Viação Novo Horizonte Ltda, Consócio Guanabara, Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha S/A,  Auto Ônibus Del Oeste Ltda, Viação Motta Ltda, Viação Pássaro Verde Ltda,  Auto Viação Catarinense Ltda e Princesa do Norte

ADAMO BAZANI

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou nesta segunda-feira, 15 de abril de 2019, resoluções sobre os serviços de ônibus interestaduais e internacionais.

A reguladora autorizou seis empresas a ingressarem ou permanecerem no sistema de linhas regulares: Expresso Maia Ltda, Helios Deux Coletivos e Cargas Ltda, KIM Serviços de Turismo Eirelli EPP, VBP Transportes Ltda, Viação Central Bahia de Transportes Ltda e Viação Novo Horizonte Ltda.

Em outra resolução, a ANTT atendeu pedido da Gontijo para implantar a linha São Paulo (SP) – Araçuaí (MG), com seções de São Paulo (SP) para Virgem da Lapa (MG), Diamantina (MG), Sete Lagoas (MG) e Betim (MG).

A agência negou pedidos de operação de mercados das empresas Auto Ônibus Del Oeste Ltda, Consórcio Guanabara de Transportes e de impugnações feitas pela Reunidas Turismo S/A, Empresa Gontijo de Transportes Ltda e Lopestur – Lopes Turismo e Transportes Ltda

Se teve um dos pedidos negados, por outro lado, o Consócio Guanabara foi autorizada  a suprimir os mercados de Campanha (MG) para Barra Mansa (RJ) e Rio de Janeiro (RJ) na linha Alfenas (MG) – Rio de Janeiro (RJ) e também para implantar os mercados de Alfenas (MG) e Varginha (MG) para Resende (RJ); e de Cambuquira (MG), Lambari (MG), Três Corações (MG) para o Rio de Janeiro (RJ).

A Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha S/A teve indeferido pela ANTT o pedido para implantar a linha Rio de Janeiro (RJ) – Itajaí (SC) com os mercados a seguir como seções do Rio de Janeiro (RJ) para Curitiba (PR), Joinville (SC), Itajaí (SC); de São José dos Campos (SP) e São Paulo (SP) para Joinville (SC) e Itajaí (SC); e de São José dos Pinhais (PR) para Garuva (SC)

A ANTT negou que a Empresa Princesa do Norte S/A implantasse os seguintes mercados na linha Ibaiti (PR) – São Paulo (SP): de Conselheiro Mairink (PR) para São Paulo (SP); Sorocaba (SP); Avaré (SP); Fartura (SP); Taquarituba (SP) e Itaí (SP).

A Viação Pássaro Verde Ltda teve negado o pedido de revisão da Licença Operacional 73/2016, para supressão dos mercados Belo Horizonte (MG) – Ribeirão Preto (SP) e Belo Horizonte (MG) – São Carlos (SP) autorizada à Viação Motta Ltda, e de revogação da deliberação nº 55, de 15 de janeiro de 2019, que autorizou a implantação da linha Belo Horizonte (MG) – São Carlos (SP).

A ANTT ainda alterou a licença operacional da 92, da Auto Viação Catarinense Ltda para incluir o mercado Campo Mourão (PR) – Niterói (RJ).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Jaqueline disse:

    Pior empresa de ônibus que existe no Brasil chama-se Gontijo. Perdir dois horários de embarque na cidade de destino por conta do imenso atraso da empresa, onde teria que chegar às 19:00 no destino e cheguei as 23:40, um grande descaso pra quem só tem esta empresa pra embarque.

  2. Luiz Carlos Direnzi disse:

    No caso do pedido da Princesa do Norte. Não entendo o por que de negar a inclusão da cidade de Conselheiro Mairink (inclusão do mercado) na referida linha. O que impede?

  3. Hamilton bohrer disse:

    precisa fazer belo horizonte MG para piracicaba SP….ai sim vai ficar ótimo…ou melhor BELO HORIZONTE MG PIRACICABA SP COM PARADA EM CAMPINAS…E FINALIZANDO EM PIRACICABA SP

Deixe uma resposta