ANTT autoriza empresas de ônibus em linhas regulares e concede pedidos da Gontijo, Catarinense e Guanabara

Ônibus da Gontijo que obteve autorização para implantar a linha São Paulo (SP) - Araçuaí (MG), com seções. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) – Clique para Ampliar

Decisões envolvem também Expresso Maia Ltda, Helios Deux Coletivos e Cargas Ltda, KIM Serviços de Turismo Eirelli EPP, VBP Transportes Ltda, Viação Central Bahia de Transportes Ltda, Viação Novo Horizonte Ltda, Consócio Guanabara, Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha S/A,  Auto Ônibus Del Oeste Ltda, Viação Motta Ltda, Viação Pássaro Verde Ltda,  Auto Viação Catarinense Ltda e Princesa do Norte

ADAMO BAZANI

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou nesta segunda-feira, 15 de abril de 2019, resoluções sobre os serviços de ônibus interestaduais e internacionais.

A reguladora autorizou seis empresas a ingressarem ou permanecerem no sistema de linhas regulares: Expresso Maia Ltda, Helios Deux Coletivos e Cargas Ltda, KIM Serviços de Turismo Eirelli EPP, VBP Transportes Ltda, Viação Central Bahia de Transportes Ltda e Viação Novo Horizonte Ltda.

Em outra resolução, a ANTT atendeu pedido da Gontijo para implantar a linha São Paulo (SP) – Araçuaí (MG), com seções de São Paulo (SP) para Virgem da Lapa (MG), Diamantina (MG), Sete Lagoas (MG) e Betim (MG).

A agência negou pedidos de operação de mercados das empresas Auto Ônibus Del Oeste Ltda, Consórcio Guanabara de Transportes e de impugnações feitas pela Reunidas Turismo S/A, Empresa Gontijo de Transportes Ltda e Lopestur – Lopes Turismo e Transportes Ltda

Se teve um dos pedidos negados, por outro lado, o Consócio Guanabara foi autorizada  a suprimir os mercados de Campanha (MG) para Barra Mansa (RJ) e Rio de Janeiro (RJ) na linha Alfenas (MG) – Rio de Janeiro (RJ) e também para implantar os mercados de Alfenas (MG) e Varginha (MG) para Resende (RJ); e de Cambuquira (MG), Lambari (MG), Três Corações (MG) para o Rio de Janeiro (RJ).

A Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha S/A teve indeferido pela ANTT o pedido para implantar a linha Rio de Janeiro (RJ) – Itajaí (SC) com os mercados a seguir como seções do Rio de Janeiro (RJ) para Curitiba (PR), Joinville (SC), Itajaí (SC); de São José dos Campos (SP) e São Paulo (SP) para Joinville (SC) e Itajaí (SC); e de São José dos Pinhais (PR) para Garuva (SC)

A ANTT negou que a Empresa Princesa do Norte S/A implantasse os seguintes mercados na linha Ibaiti (PR) – São Paulo (SP): de Conselheiro Mairink (PR) para São Paulo (SP); Sorocaba (SP); Avaré (SP); Fartura (SP); Taquarituba (SP) e Itaí (SP).

A Viação Pássaro Verde Ltda teve negado o pedido de revisão da Licença Operacional 73/2016, para supressão dos mercados Belo Horizonte (MG) – Ribeirão Preto (SP) e Belo Horizonte (MG) – São Carlos (SP) autorizada à Viação Motta Ltda, e de revogação da deliberação nº 55, de 15 de janeiro de 2019, que autorizou a implantação da linha Belo Horizonte (MG) – São Carlos (SP).

A ANTT ainda alterou a licença operacional da 92, da Auto Viação Catarinense Ltda para incluir o mercado Campo Mourão (PR) – Niterói (RJ).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

3 comentários em ANTT autoriza empresas de ônibus em linhas regulares e concede pedidos da Gontijo, Catarinense e Guanabara

  1. Pior empresa de ônibus que existe no Brasil chama-se Gontijo. Perdir dois horários de embarque na cidade de destino por conta do imenso atraso da empresa, onde teria que chegar às 19:00 no destino e cheguei as 23:40, um grande descaso pra quem só tem esta empresa pra embarque.

  2. Luiz Carlos Direnzi // 15 de abril de 2019 às 22:04 // Responder

    No caso do pedido da Princesa do Norte. Não entendo o por que de negar a inclusão da cidade de Conselheiro Mairink (inclusão do mercado) na referida linha. O que impede?

  3. precisa fazer belo horizonte MG para piracicaba SP….ai sim vai ficar ótimo…ou melhor BELO HORIZONTE MG PIRACICABA SP COM PARADA EM CAMPINAS…E FINALIZANDO EM PIRACICABA SP

Deixe uma resposta