Atenção para as mudanças no Bilhete Único de São Paulo

Bilhetes de modelo antigo como este terão de ser trocados. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) - Clique para Ampliar

Como mostrou em primeira mão o Diário do Transporte, Bruno Covas regulamentou decreto que cria punições, obriga troca do bilhete e limita uso de crédito pelo valor comprado até 180 dias depois de reajuste tarifário

ADAMO BAZANI / JESSICA MARQUES

O Bilhete Único usado nos ônibus da capital paulista e na rede de trens do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) na Grande São Paulo terá diversas alterações que entrarão em vigor em 90 dias.

Conforme mostrou o Diário do Transporte em primeira mão no início da manhã deste sábado, 06 de abril de 2019, o prefeito Bruno Covas publicou uma portaria que regulamenta um decreto de fevereiro estipulando as mudanças.

Os bilhetes mais antigos terão de ser trocados e perderão validade a partir de 1° de junho. Além disso, se houver reajuste de tarifa, os créditos comprados antes só serão descontados pelo valor antigo até 180 dias depois do aumento. A partir deste período, o passageiro pagará uma diferença entre o valor antigo já pago e da tarifa nova.

Confira as mudanças:

VALIDADE DA TARIFA ANTIGA DEPOIS DO AUMENTO:

Atualmente, se há reajuste de tarifa de ônibus, o crédito comprado anterior ao aumento é descontado pelo valor antigo sem data-limite de desconto pelo valor de antes do reajuste. Pelas novas regras da gestão Bruno Covas, isso só será possível agora por até 180 dias depois do aumento. Passado este prazo, será cobrada a diferença entre o valor antigo e o valor com aumento.

“A cada reajuste tarifário, os usuários dos cartões de Bilhete Único detentores de créditos eletrônicos monetários e de créditos eletrônicos temporais terão direito, no prazo máximo de 180 (cento e oitenta dias) contado da data daquele, à fruição do valor da tarifa anterior. Parágrafo único. Em caso de expiração do prazo definido no caput deste artigo, passará a ser descontado do eventual saldo remanescente acumulado o valor da nova tarifa vigente, conforme o respectivo perfil de usuário”

LIMITES DE CRÉDITOS E COTAS:

Só serão permitidos acúmulos de 100 tarifas básicas nos novos cartões para o Bilhete Único Comum e 200 para as demais modalidades, como cotas de estudantes:

“máximo de acúmulo de créditos eletrônicos monetários, temporais ou cotas de viagens gratuitas, limitado a: 1. 100 (cem) tarifas básicas vigentes para o perfil de Usuário Comum, ressalvado o que disposto no § 2º do artigo 15 desta Portaria; 2. 200 (duzentas) tarifas básicas vigentes para os demais perfis”

CARTÕES ATUAIS TERÃO DE SER TROCADOS:

A portaria diz ainda que em 120 dias, a SPTrans deve elaborar uma  política de substituição dos cartões em uso por outros novos.

Os cartões de tecnologia antiga só poderão acumular dez créditos e a partir de 01º de junho deste ano perdem a validade. A troca deverá ser feita na SPTrans, que ainda vai definir como será o esquema.

Art. 65. Fica estabelecido o valor equivalente a 10 (dez) tarifas básicas praticadas no Serviço de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo para acúmulo máximo de créditos eletrônicos pelo perfil de Usuário Comum nos cartões de Bilhete Único com as seguintes tecnologias: I – Cartões Classic 1K, códigos 52 e 59; II – Cartão Plus 4K, código 110. § 1º A partir de 1º de junho de 2019, os cartões de que trata este artigo, com saldo superior a 10 (dez) tarifas básicas, não mais serão aceitos no Serviço de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo e no Sistema Estadual de Transporte Público Metropolitano Metroferroviário, sendo que o saldo remanescente de créditos eletrônicos válidos poderá ser gratuitamente transferido para outro cartão de Bilhete Único personalizado, desde que: I – o cartão de Bilhete Único para o qual será transferido o saldo de créditos eletrônicos com saldo superior ao valor de 10 (dez) tarifas não seja da tecnologia discriminada no § 2º do presente artigo; e II – o usuário entregue à SPTrans o cartão da tecnologia elencada no § 2º do presente artigo. § 2º A SPTrans deverá providenciar a divulgação ao público, de forma a se identificar os cartões que passarão a se submeter à limitação fixada no § 2º deste artigo e à consequência prevista no §º 3 do presente artigo.

VALIDADE DOS CRÉDITOS E DO CARTÃO:

Os créditos ou cotas só vão valer por cinco anos se adquiridos antes de 23 de fevereiro de 2019 e por um ano para as recargas depois desta data, que é o dia de publicação do decreto de Bruno Covas.

do prazo máximo de validade dos créditos eletrônicos monetários, temporais ou em cotas de viagens gratuitas, limitado a: 1. 5 (cinco) anos, para as cotas adquiridas até 23 de fevereiro de 2019; 2. 1 (um) ano, para as cotas adquiridas após 23 de fevereiro de 2019;

Se o passageiro ficar um ano inteiro sem usar o Bilhete Único perde totalmente os créditos comprados e as cotas depositadas e o cartão é cancelado. O dinheiro da passagem não utilizada, segundo a portaria, vai para o sistema de transportes.

A SPTrans deverá cancelar automaticamente o cartão de Bilhete Único, em qualquer de seus perfis, modalidades e categorias, que tiver permanecido inativo por 1 (um) ano, contado a partir da sua derradeira utilização, podendo o eventual saldo remanescente de créditos eletrônicos válidos ser transferido para outro cartão, observada a validade dos créditos, desde que: I – mediante o pagamento da emissão de 2ª via, em conformidade com os artigos 11 e 13; II – respeitado o prazo de validade dos créditos eletrônicos; e III – o cartão cancelado por inatividade tenha sido anteriormente registrado pelo usuário perante a SPTrans. § 2º Expirada a validade dos créditos eletrônicos, ou uma vez esgotado o prazo para transferência de saldo após o cancelamento automático por inatividade do cartão, os créditos eletrônicos não restituídos prescreverão e serão automaticamente destinados pelo Poder Público à gestão financeira do Serviço de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo

PUNIÇÕES EM CASO DE FRAUDES

A portaria estipula uma série de punições em caso de fraudes e uso indevido do Bilhete Único que variam entre advertência; suspensão do cartão por seis meses, um ano, dois anos e cancelamento definitivo.

As punições mais pesadas são para depósito de créditos falsos e uso de gratuidades por pessoas que não têm direito.

A portaria também diz que a polícia pode ser acionada pela SPTrans.

“O uso indevido, irregular, abusivo ou fraudulento de qualquer tipo ou modalidade de Bilhete Único, de benefícios de integração, de vale-transporte, de isenções tarifárias parciais ou integrais, e do benefício de acompanhante da Pessoa com Deficiência, flagrado in loco, poderá importar na retenção do cartão, sujeitando-se o seu portador ao encaminhamento à autoridade policial.”

UM CARTÃO POR PESSOA:

A gestão vai permitir que para cada CPF haja apenas um Bilhete Único. Hoje há pessoas com mais de um cartão, o que poderia gerar fraudes.

“Somente poderá ser cadastrado, sob o mesmo número de CPF, 1 (um) cartão de Bilhete Único, permitindo-se a emissão de segunda via do cartão nos casos de inutilização, extravio, perda, furto ou roubo e cancelamento”

SEGUNDA VIA:

Para pedir a segunda via, em caso de roubo, perda ou furto, o passageiro vai ter de apresentar BO – Boletim de Ocorrência – da Polícia Civil e pagar uma taxa de sete tarifas de ônibus. Nestes casos, a pessoa deve imediatamente ligar para a Central 156:

Nos casos de cancelamento por perda, furto ou roubo, a emissão de 2ª via do cartão de Bilhete Único, em qualquer de suas modalidades, deverá ser precedida de apresentação à SPTrans, pelo usuário interessado, do respectivo Boletim de Ocorrência – BO lavrado perante a autoridade policial competente, documento este que também será aceito se tiver sido obtido eletronicamente. (…) Na ocorrência de extravio, perda, furto ou roubo do cartão de Bilhete Único, o titular deverá comunicar o fato à Central 156 e solicitar o seu cancelamento imediato. § 2º Enquanto o fato não for comunicado, a responsabilidade por eventuais utilizações irregulares será, independentemente de culpa ou dolo, atribuída ao titular do cartão

CARTÃO SÓ COM IDENTIFICAÇÃO:

Não haverá mais possibilidades de bilhetes anônimos. Só serão emitidos cartões para os passageiros que se cadastrarem antes na SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora dos ônibus da cidade.

Os cartões de Bilhete Único para quaisquer dos perfis de usuários do Serviço de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo serão fornecidos exclusivamente no modo personalizado, mediante prévio cadastro do usuário portador

PRIMEIRA EMISSÃO:

Pela portaria publicada neste sábado, a SPTrans vai exigir a compra de, no mínimo, sete passagens para a primeira emissão do Bilhete Único.

Para a aquisição da 1ª via de cartão de Bilhete Único Comum personalizado, fica a SPTrans autorizada a exigir do usuário interessado a efetuação de uma carga mínima equivalente a, no máximo, 7 (sete) tarifas básicas vigentes

VALIDADE DE CRÉDITOS TEMPORAIS

A validade dos créditos de modalidades temporais do Bilhete Único, como diário ou mensal, passa a ser contada a partir da primeira utilização:

“Os créditos eletrônicos em cotas temporais serão disponibilizados após a recarga do valor monetário correspondente ao da respectiva tarifa temporal pretendida pelos seguintes períodos, sendo computados a partir da data ou horário da primeira utilização: I – 31 (trinta e um) dias para o Bilhete Único Mensal; e II – 24 (vinte e quatro) horas para o Bilhete Único Diário”

A portaria ainda traz regras específicas para cartões de estudantes, idosos e pessoas com deficiência

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

62 comentários em Atenção para as mudanças no Bilhete Único de São Paulo

  1. é o cúmulo mesmo!!!

    Aonde já se viu perder créditos por não usar? isso se chama furto na cara de pau! Tantas coisas para criar decretos vem mexer no transporte valor das tarifas/facilidades do Paulistano, precisamos nos manifestar sobre isso AGORA!

    • Emmanuelle Passo Teixeira // 8 de abril de 2019 às 14:42 // Responder

      Caros,

      Que absurdo é esse, dois pontos a ser questionados, 1 o dinheiro que está debitado meu cartão é meu eu paguei por ele, então e ridículo tirar de mim, pois é roubo, 2 ponto nem emprego se tem e estão pensando em cancelar o bilhete caso não haja utilização, é para rir! E onde estava programada essa decisão que já decidiram sem a população opinar antes! Olha tá na hora de intervir nisso ou perderam mais ainda o juízo senhores????
      Agora uma pergunta ao senhor Presidente! Cadê os empregos e as capacitações para o povo brasileiro? Está apoiando essa nova lei do bilhete sem antes melhorar a situação que está cada vez mais precprec, então vamos voltar os ônibus como eram, pode fechar os terminais, pq o que estava facilitando já está prejudicando sem contar que não podemos nem pegar um ônibus errado que temos que pagar de novo! Ridículo essa gestão Enh, vergonhoso, cadê o Brasil e a palavra Deus acima de todos, eu votei em você mas já estou arrependida!!!!
      E você Bruno vai pegar um ônibus primeiro e depois vê se tem cabimento seu sem noção!!!!!
      Não aceito que me tire o que é meu!!

      • Acredito que a questão de empregos devemos ser pacientes, já que se e com presidente, o mesmo nem completou 6 meses e é uma questão que não é resolvida de uma hora para outra. Mas a prefeitura também pode ser questionada, até porque também é responsável por gerir a economia de sua cidade e tem capacidade de resolver tais questões com mais facilidade. Atrair investimentos e promover incentivo ao micro empreendedor são um dos exemplos. Quanto a questão do bilhete essa sim basta um decreto para cometer uma enorme besteira e é isso que o Sr. Covas ta fazendo: cavando a própria cova para ser esquecido da política. Tem que ser questionado mesmo até porque o mesmo não usa transporte público para seus deslocamentos então para ele está tudo numa boa. E vamos lembrar das falhas de gestão (e os roubos) dele, para não votar nele nas eleições municipais.

  2. Luiz Carlos de oliveira Rago // 8 de abril de 2019 às 08:41 // Responder

    Dinheiro no caixa e nos bolsos dos vereadores políticos prefeito.entendeu né Sr prefeito. Referente ao Bilhete único.

  3. Parabéns Bruninho, ja que a gente so pode ter um bilhete único, como a gente paga passagem do ônibus sem fazer integração com o trem se meu bilhete tem cotas para estudante trilho?

    • Esse prefeito e a cara da incompetência e da falta de caráter estam acabando com o patrimônio do trabalhador que é o bilhete único. É nos mais uma vez não vamos fazer nada. …. cadê o movimento do passe livre ou aquilo era passe, PSDB , que só existil para atrabalhar as gestões anterior.

  4. Não falou sobre a integração

  5. Dirceu dos Santos // 8 de abril de 2019 às 09:33 // Responder

    É lamentável, os nosso gestores da cidade não tem controle e também não sabem administrar, por isso, mais um desperdício de R$ para substituição dos bilhetes, tinha um bilhete da época do convenio E-Fácil (estacionamento+2 passagens metrô ou ônibus), estava o utilizando diariamente para o trabalho e o mesmo não pôde ser mais recarregado, na época paguei R$5,00 por este cartão, tive que fazer um novo bilhete e agora a notícia que irão fazer a substituição novamente; não seria melhor para esses gestores a voltar a moda dos anos 70/80, onde-se pagava uma passagem inteira em cada ônibus que se pegava, assim acabaria com os problemas e eles incapazes não conseguem controlar e não teriam aborrecimentos.

  6. Meire Bolonhani // 8 de abril de 2019 às 10:03 // Responder

    E esse bilhete novo é feito como?
    Onde?
    Estou tentando fazer meu bilhete mensalvia Internet a uns 5 meses, na hora de enviar a foto nenhuma é aceita.

  7. essa benção desse prefeito não tem o que fazer, a não ser ferrar com os paulistanos

  8. Incompetente. Cada prefeito é pior que o outro.
    Bruno deixou a cidade um lixo. Árvores caídas em janeiro na Roberto Marinho ainda não foram retiradas.
    Bruno é burro, além de tudo.

  9. Prefeito do diabo maldito cuida de ter mais ônibus corredor com fiscalização motorista com educação e para de mecher no que tá bom seu filho de mãe que deve morrer de vergonha de ter uma desgraça como vc que nan pensa no pobre

    • Ademir Soares da Silva // 9 de abril de 2019 às 05:22 // Responder

      Foi o presente do João dória a nós paulistano isso que da em acredita no joaJ trabalhador

      • Marcos Borges do Carmo // 11 de abril de 2019 às 23:42 //

        Concordo Ademir.O povão foi enfeitiçado pelas “palavras bonitas” daquele safado e tai o resultado. Aliás esse estupro que o prefeitinho ” Cova rasa “tá fazendo com a cidade,me lembra uma frase que a ex prefeita Marta Suplicy falou uma vez. A frase era:O PSDB NÃO GOSTA DE POBRE.

  10. A parte boa de tudo isso?

    Ano que vem tem eleição

  11. Vagner Carvalho // 8 de abril de 2019 às 12:43 // Responder

    Vamos esperar as próximas eleições , esse aí não ganha mais nada e ninguém com sobrenome covas . Familia maldita !!

  12. Parabéns discípulo, o seu mestre Doria está orgulhoso de você! Vocês são os melhores para governar para a população, fiquem tranquilos, nas proxipró eleições, nem lebraremos dessas barbáries… e os elegeremos no 1° turno, com record de votos!

  13. Vale lembrar que de acordo com o julgamento no STF, decisão publicada no Diário Oficial no dia 30 de setembro de 2013, as operadoras de telefonia não podem mais impor validade aos créditos dos celulares pré-pago, a jurisprudência garante que a SPTrans também não pode impor validade aos créditos do bilhete único.

  14. Auro Mendes Ferreira // 8 de abril de 2019 às 14:40 // Responder

    #BrunoCovasLixo

  15. As pessoas reclamam mas votam nestes caras… A propagando anti-pt fez estas mumias, sob o disfarce do “novo”, continuarem por aqui.

  16. Quer dizer que o bilhete mensal não terá mais 8 viagens por dia né???
    Já que 8×30 é igual a 240 e o permitido ser a somente 200 para mensais….
    Parabéns aos que votaram no Doria pelo covas no atual cargo.

    • Qual ruindade do PT? A criação do bilhete único foi do PT, que nao tinha limite de ônibus que o usuário poderia pegar e valia por 4 horas. Jose Serra, do PSDB do Doria, governador do Estado na época, nao aceitou integrar o Metrô nesse sistema de BILHETE ÚNICO, ou seja alguém que saia, por exemplo, da Cidade Ademar, na zona sul, pega um ônibus para o metro Jabaquara ou Conceição, paga a tarifa no ônibus, depois entra no Metrô, nao paga nada (nao pagaria, pela ideia original), desce na estação Barra Funda, entra em outra linha de ônibus para a chegar ao seu local de trabalho na av. Pacaembú.
      Mas, como no Brasil, a maiorioria dos politicos nao possuem POLÍTICA DE ESTADO, mas sim politica de governo, O Serra e seu PSDB ao aceitaram e prejudicaram a toda população.
      Se vc que critica o PT, por um ódio que nem sabe descrever, apenas repete o “mantra” de que o PT é o partido mais corrupto e que acabou com o Brasil e que institui o comunismo/socialismo(?????) no pais. Afirmo que vc nao acompanha a politica, tampouco possui fontes de informações confiáveis, possivelmente se informa pelo FACE e WHATS e a grande mídia que sempre manipula a população (e tem uns idiotas que dizem que a Globo é de esquerda…adivinha em quem votaram…)

      Enfim, Doria ganhou a prefeitura (depois o Estado), Covas assumiu, tudo por conta do anti-petismo irracional (nao precisa gosta do PT, eu nao gosto do PT) que levou a fazer um voto contra. O PT sem se importar como seria uma administração pelo Doria/Covas e principalmente o PSDB. A gestão do Haddad (anulei meu voto qdo ele se elegeu) me surpreendeu, De cara, nos primeiros meses, desbancou uma quadrilha de fiscais da prefeitura corruptos. Fez um convenio com a USP para levar cursos superior a periferia, nos CEUs, Planejou a ampliação da ciclovia em mais de 400km, agora, sendo destruída pela atual gestão, entre tantas outras coisas. E ainda saiu da prefeitura, deixando as contas em dia, e dinheiro em caixa. ( o Doria, mais tarde, visando ser eleito governador, em sua campanha ódio-antipetista, dizia que pegou a prefeitura quebrada)

      Enfim, falta aos eleitores, acompanhar a politica, obter fontes de informação mais confiáveis, parar de ofender as pessoas por suas posições, alias, pensar neles, mesmo que discorde, assim crescemos, assim a humanidade evolui.

      • Marcos Borges do Carmo // 11 de abril de 2019 às 23:55 //

        É Claudio concordo com vc .Foi o PT na época da Marta que implantou o bilhete único e realmente não tinha essa tirania que se tem hoje.Veio o vagabundo do Serra e começou a estuprar e destruir o bilhete único. Só que um pouco mais na frente veio outro do PT que poderia ter tentado corrigir as cagadas que os que vieram antes fizeram e por o bilhete como era na época da Marta.Nao o vi fazer nada.Agora se vc gosta do PT,respeito seu ponto de vista.Esoero que vc respeite o meu.O meu sabe qual é?não apoio nem um nem outro!não confio nem no PT ,nem no PSDB,aliás eu não confio em políticos.

      • Marcos Borges do Carmo // 12 de abril de 2019 às 00:04 //

        ah Cláudio.Deixa eu corrigir uma coisa.No seu comentário vc citou num momento que vc não é petista.

      • Não é defendendo partidos não, mas independente de ter feito uma coisa aqui outra ali, o PT foi o que mais lascou a vida de todos. O que se deu com uma mão tomou com a outra. Sem delongas, É o maior corruptor na história do Brasil. Acorda! Sobre a prefeitura, Haddad foi muito ruim, por isso não se reelegeu. Dória é um verdadeiro falso e infelizmente enganou a muita gente (e continua enganando) e deixou o incompetente do Covas que vem seguindo a cartilha PSDB a risca. Temos é que colocar esses tipos como Covas na lista negra. Vacilou, não tem reeleição, nem para cargo de síndico de condomínio conseguirá ser. Simples assim!

  17. Jose Martins Silva // 8 de abril de 2019 às 15:33 // Responder

    Bruno covas um ladrao. lixo isto e um asalto a populacao tem que ser estinto fazer companias ao pai

  18. BILHETE ÚNICO VALE TRANSPORTE A O CUSTO DE 4,57, APENAS 2 EMBARQUES
    AS EMPRESAS NÃO VAO PAGAR ESSE VALOR EXTRA, NEM O TRABALHADOR,AS EMPRESAS VÃO DEMITIR MAIS PESSOAS BRUNO COVAS
    CADÊ O CUMPRIMENTO JUDICIAL?

  19. Tantos Buracos nas ruas para serem tapados, tantas ruas para serem asfaltadas, tantas crianças sem ter o que comer, tantos pais de família lutando para dar o mínimo dentro de casa, tantos assaltos acontecendo, tantos brasileiros sem trabalho, tantos brasileiros sem ter uma saúde pública digna, vem esse cara que não passa fome, não passa frio, vive ao redor de seguranças para o proteger, tem médicos quando precisa, vem e dificulta tudo para a população..

    O Brasil anda de mal a pior e a tendência é piorar.. E vai reivindicar seus direitos para ver ? Mandam a polícia nos deter, uma vez que a polícia está para nós proteger e ficar ao nosso lado..

    Ridículo ridículo !! Vergonhoso isso tudo. Somos motivo de chacota para outros países..

    • Marcos Borges do Carmo // 12 de abril de 2019 às 00:00 // Responder

      É por essas e outras Cassia que o índice de suicidios estão crescendo nesse país aqui.As coisas só pioram.A esperança acaba e vira desespero. E por isso também que os países bem sucedidos os brasileiros querem entrar nem que seja de forma clandestina.Sao países que tudo da certo as coisas prosperam e o cidadão é respeitado.

  20. O PSDB está cavando sua cova eleitoral ao lado da do PT. Vão chover ações judiciais baseadas no direito do consumidor. Isso fora as ruas esburacadas e o canelamento informal do programa Asfalto Novo.

  21. Este prefeito medíocre está operando um milagre, deixando a população com saudade do Haddad!

  22. Cada vez que vejo a cara esse Burro Covas, mais ranço tenho foi João Doria.
    Uma coisa é prefeitura cortar gastos, outra coisa é quer cortar gastos prejudicando a classe trabalhadora.
    Senhor Burro Covas, órgão público não deve gerar lucro, será que o senhor sabe disso?

  23. Que espécie de prefeito é esse, a cidade cheia de covas, ele atrapalhando o direito dos consumidores, foca no mais importante, antes q o povo te tire, qta incompetência.

  24. Wanderley da Silva Cantil // 8 de abril de 2019 às 19:43 // Responder

    Esses caras não aprenda mesmo , se está tendo extravio , pode ter certeza que e interno , toda vez que um funcionário agir de má fé , ele tem ciência que é o povo que vai pagar : a corrupção e de dentro para fora , temos que lutar contra esse abirsudo : eles não respeitam o povo brasileiro , é cada um por si ; isso é uma vergonha , vergonha , vergonha …

  25. Meu bilhete foi bloqueado hoje, imagina minha surpresa ao tentar passar na catraca e aparecer “cartao bloqueado”. O prefeito quer mudar as regras mas não quer respeitar as decisões da justiça sobre a tarifa e sobre a quantidade de condições a serem usadas… E isso ai, ditadura da Burguesia tá foda…

  26. PSDB acabando com o patrimônio adquirido pelo paulistano. Quem colocou esse destruidor de direitos no comando da cidade? Pior prefeito da história. Vamos as ruas.

  27. Eranny Barbosa Oliveira // 8 de abril de 2019 às 20:58 // Responder

    Isso é um tapa na cara do cidadão brasileiro…………..

  28. Esse senhor tem sobre nome COVAS. O outro Covas parou São Paulo quando foi governador, acabou com SP. Esqueceram? Mário Covas. Ano 2020, tem eleição municipal se duvidar nós elegemos outro desse PSDB.

  29. Boa noite…. É uma pouca vergonha mesmo o ser humano trabalhar, descontrair o valor do vale transporte e esse safado desse prefeito tirar o q é nosso de direito. Isso é um roubo ele faz isso pq ele tem motorista particular para levar ele aonde ele quer, e quem paga todo esse combustível somos nós a população.
    Infelizmente nunca votei em nhm, safado agora então……
    Esses políticos precisam ter a vida igual a nossa de trabalhador, pegar ônibus cheio, trem lotado, metro em velocidade reduzida e ainda acordar às 3hs da manhã para não chegar atrasado no trabalho e chegar no final do mês pra ganhar um salário mínimo com desconto.
    Infelizmente esse é o nosso país Brasil terra de ngm qlqr um faz o q quer.
    Se eles reduzissem o salário deles tudo melhorava.

  30. Com tanto problema para resolver ele vai mexer no transporte público que é uma porcaria. Por quê não vai acelerar as obras do metrô que estão há pelo menos 4 anos atrasadas devido à corrupção.

  31. E pensar q na epoca em q o Haddad aumentou 20 centavos o povo saiu às ruas e fez ele reverter o decreto. Hoje o novo prefeito faz o q quer e o povo nao sai às ruas.

    • Natanael Ferreira da Silva // 10 de abril de 2019 às 08:40 // Responder

      Tem razão….Parece mesmo a velha fabula do BODE NA SALA…
      Agora tinha mesmo de parar tudo e exigir do sr. Prefake Burro Covas que volte atras nesta decisão absurda! Coisa de moleque essa administração!

    • Marcos Borges do Carmo // 12 de abril de 2019 às 00:08 // Responder

      Dhieter é o que estou questionando também.

  32. É senhor prefeito covas, o senhor é a verdadeira degradação humana. Tanta coisa pra se preocupar e vc não esquece o bilhete único. Pq Será? Falta de carácter.

  33. José Francisco dos santoS // 9 de abril de 2019 às 06:17 // Responder

    COVAS!!! VC NUNCA MAIS GANHARA NENHUMA ELEIÇÃO….NEM EU, NEM MINHA FAMILIA, NEM MEUS AMIGOS VOTAREMOS EM VC……O QUE VC ESTA FAZENDO É ROUBO.

  34. Bruno Covas um despreparado,acabou com o bilhete único (vale transporte)!
    Um imbecil total aumentou o tempo de para integração.
    Porém diminui a quantidade de baldeação em ônibus e vans.
    Uma logística de burro !
    Um tremendo idiota e incompetente!

  35. Andre Luis Pereira // 9 de abril de 2019 às 08:09 // Responder

    Engraçado, tem tanta coisa pra esse paspalho fazer, aí ele foca em atrasar o lado da população. Você e um gênio Sr. Prefeito! Por isso que o país nao anda, só idiota no poder.

  36. Verdadeiro cúmulo, a pessoa ser roubada ou perder o bilhete ter que fazer BO e ainda por cima pagar por isso, vai virar uma verdadeira bosta… Da licença

  37. Além de ter de pagar um verdadeiro absurdo pelo transporte público, além de ter que utilizar veículos muito mal conservados, às vezes, com condutores sem respeito algum com seus passageiros… Agora tem mais essa patifaria.
    Muito obrigado, Vossas Excrescências.

  38. Essa Cambada de vagabundos Inventam DeTudo Para Roubar a População, o Pais Numa crise desgraçada sem empregos e Esses Tranqueiras Roubando Quem Já Sofre Num Pais no Berço Da Miséria.
    é oFim Por isso que a Violência só tende aumentar a Cada Dia o Brasil Já Era.

  39. Sim! Isso é apropriação indébita! Isso é furto! Ou melhor, eu diria: Isso é roubo! Grotesco, nojento, etc. Esse cara está com as cabeça aonde?. Vamos ficar calados? MANIFESTAÇÃO JÁ 😠😠😠.
    detalhe: os créditos são meus. Não importa por quanto tempo em o guarde Eu tenho todo o direito de usá-lo como e quando quiser! Paguei por ele? Não importa a modalidade, por que não posso emprestar a um parente que precisa se locomover? Que está desempregado? Vocês estão de palhaçada? 😡😡😡 🤡🤡🤡

    • Marcos Borges do Carmo // 12 de abril de 2019 às 00:13 // Responder

      Falou tudo Marcelo.E acrescento mais.A,6 anos atrás o povo saiu as ruas exigindo seus direitos. Depois parece que o povo cansou e foi dormir em “berço esplêndido “.

  40. O que o senhor Prefeito se esquece é que arrecada o dinheiro antes de o transporte ser usado. O dinheiro, assim arrecadado, pode ser aplicado e render juros para a autarquia.Os créditos adquiridos são propriedade do passageiro, que tem o direito de usa-los quando melhor lhe convier. Tomar posse desses créditos é apropriação indébita, ou seja:- é roubo!

  41. Alem de diminuir o tempo agora essa palhaçada de ter foto e cpf…roubar o dinheiro dos creditos acumulados é uma vergonha! Prefeito LADRÃO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: