Ministério Público de Pernambuco ordena investigações sobre ônibus com ar-condicionado parados em Recife

Ônibus climatizados sem operação. Foto: Frente de Luta Pelo Transporte Público

Empresas devem prestar esclarecimentos em dez dias, segundo o MPPE

JESSICA MARQUES

O MPPE (Ministério Público de Pernambuco) ordenou que sejam feitas investigações sobre ônibus com ar-condicionado que estão parados em Recife. Segundo o órgão, as empresas devem prestar esclarecimentos em dez dias.

A determinação foi publicada nesta quinta-feira, 14 de março de 2019. Segundo o despacho, assinado pelo promotor de Justiça Humberto Graça, deve ser instaurado um procedimento preparatório para investigar o motivo de haver ônibus novos e com ar-condicionado parados em garagens de empresas concessionárias do transporte público da capital.

A denúncia do fato de os chamados “Geladinhos” estarem parados nas garagens partiu da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco.

No despacho, o promotor cita em especial as empresas Metropolitana e Caxangá, que estão com os veículos sem circulação.

Desta forma, as empresas de ônibus que operam na Região Metropolitana do Recife e o Grande Recife Consórcio devem prestar esclarecimentos sobre o assunto dentro do prazo estabelecido e ainda fornecer informações sobre renovação de frota nos últimos dez anos.

O promotor também cita, em seu despacho, que não está havendo o cumprimento da Lei 15.293 de 2014, que determina a obrigatoriedade de ônibus com ar-condicionado no sistema.

Confira o documento, obtido pelo Diário do Transporte, na íntegra:

Documento1-1Documento1-2

O Grande Recife Consórcio informou, em nota, que “ainda não foi notificado oficialmente e, quando o for, responderá diretamente ao Ministério Público de Pernambuco dentro do prazo legal estipulado”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

2 comentários em Ministério Público de Pernambuco ordena investigações sobre ônibus com ar-condicionado parados em Recife

  1. Amigos, boa noite.

    Simples,o custo operacional dos “geladinhos” é maior; e se não houve aumento de tarifa esta é uma forma de compensação.

    Ninguém vai trabalhar no vermelho.

    Att,

    Paulo Gil

  2. A Mobibrasil, São Judas Tadeu, Pedrosa, Cidade Alta e Itamaracá possuem ônibus com ar condicionado, inclusive BRT’s, e a passagem é a mesma. Empresários não estão nem aí pro povo, só querem saber de lucrar.

1 Trackback / Pingback

  1. Após denúncia, 60 ônibus com ar-condicionado voltam a circular na Região Metropolitana de Recife – Diário do Transporte

Deixe uma resposta