Produção de ônibus tem aumento de 9,7% no primeiro bimestre de 2019, segundo a Anfavea

Publicado em: 11 de março de 2019

Com 1.481 unidades licenciadas e alta de 47,1%, Mercedes-Benz continua liderando ranking de marcas. Foto: Divulgação.

Ao todo, foram 3.465 chassis urbanos e 980 rodoviários

JESSICA MARQUES

A produção de ônibus no mercado brasileiro teve aumento de 9,7% no primeiro bimestre de 2019, segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Ao todo, foram 3.465 chassis urbanos e 980 rodoviários produzidos neste ano, representando um aumento de 11,5% e 3,7% com relação ao ano passado, respectivamente.

Em fevereiro foram fabricadas 2.526 unidades, o que representa um crescimento de 19,8% frente aos 2.108 veículos de fevereiro do ano passado. Em comparação a janeiro deste ano, o aumento é de 31,6%, pois foram 1.919 chassis fabricados.

As exportações de ônibus no acumulado do ano, por sua vez, somam 1.059 unidades. O número representa uma queda de 25,8% com relação às 1.427 de 2018.

LICENCIAMENTO

O licenciamento de ônibus no bimestre teve um crescimento de 79,8%. Neste ano, foram 3.090 unidades licenciadas, comparadas às 1.719 mil unidades do ano passado.

Em fevereiro, 1.492 unidades foram negociadas, o que representa uma expansão de 71,3% com relação às 871 unidades de fevereiro de 2018 e retração de 6,6% sobre as 1.598 de janeiro.

Confira o ranking de marcas divulgado pela Anfavea:

1º) Mercedes-Benz: 1.481 unidades, alta de 47,1%

2º) MAN/Volkswagen: 928 unidades, alta de 190%

3º) Agrale (inclui os miniônibus da Volare): 444 unidades, alta de 88,9%

4º) Volvo: 103 unidades, alta de 178,4%

5º) Iveco (inclui os miniônibus CityClass): 80 unidades, alta de 185,7%

6º) Scania: 27 unidades, queda de 51,8%

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Milton oliOlive disse:

    E triste uma marca como a Scania ficar em ultimo lugar… Se ela não se mover principalmente no mercado urbano ela vai afundar ainda mais!

Deixe uma resposta