Multinacional francesa de transporte rodoviário amplia presença em Portugal

Publicado em: 6 de março de 2019

No dia 14 de dezembro de 2018 começaram a circular nas ruas de Aveiro, Portugal, os primeiros três ônibus elétricos operados pela Transdev no país

Transdev é uma das principais empresas a operar no país, com especial presença nas regiões norte e centro 

ALEXANDRE PELEGI

A Transdev, multinacional francesa de transporte rodoviário de passageiros, está ampliando sua participação em Portugal através da aquisição de empresas locais de estrutura acionista familiar.

As informações são do Jornal Económico, que noticiou nesta quarta-feira, 6 de março de 2019, que o grupo pretende adquirir a Moisés Correia de Oliveira, da zona de Coimbra, e está em negociações para comprar a ATF, do Fundão.

Na segunda-feira, 4 de março, a Autoridade da Concorrência (AdC) publicou que a ETAC, empresa do Grupo Transdev, vai adquirir o controlo exclusivo da Moisés Correia de Oliveira – Gestão e Inovação de Transportes, Lda.

A Autoridade da Concorrência é uma entidade administrativa independente, criada em 2003, com poderes transversais sobre a economia portuguesa para a aplicação das regras de concorrência, em coordenação com as entidades reguladoras setoriais.

Segundo o comunicado da AdC, a Moisés “desenvolve a sua atividade, em Portugal, no âmbito do transporte rodoviário de passageiros”.

A Moisés, empresa de origem familiar, possui uma frota de cerca de 50 ônibus, e detém as concessões para operar linhas entre as cidades de Coimbra e Figueira da Foz, além de exercer atividade no segmento do turismo ocasional. De acordo com a matéria do jornal português, a empresa fatura cerca de três milhões de euros por ano.

A zona de implantação da Moisés, segundo a matéria, “era uma das poucas na região centro do país em que a Transdev ainda não operava”.

Além da Moisés, a Transdev está em negociação para a compra da ATF – Auto Transportes do Fundão, zona geográfica em que a multinacional francesa não exercia atividade.

A ATF é, assim como a Moisés, uma empresa de origem familiar dedicada ao transporte rodoviário de passageiros.

TRANSDEV        

Tendo como acionistas a Caisse des Depôts e o Grupo Veolia, a Transdev é uma das principais empresas a operar em Portugal no setor do transporte rodoviário de passageiros, com especial presença nas regiões norte e centro do país.

A multinacional francesa possui 11 empresas do setor em Portugal e gere participações na Internorte, Intercentro, Rede Nacional de Expressos, Renex e Rodoviária do Tejo.

Com cerca de 1.900 colaboradores e uma frota de mais de 1.500 veículos em Portugal, a Transdev gerou um volume de negócios de cerca de 96,6 milhões de euros em 2017.

O Jornal Económico cita o site oficial da empresa, que afirma sua estratégia de consolidar sua participação no mercado de transportes no país: “A Transdev tem investido continuamente na consolidação da sua presença em Portugal através de aquisições, parcerias e da diversificação dos seus serviços, marcando assim a sua presença num mercado estratégico para o grupo. A perspetiva é de continuar a reforçar a sua posição no país e desenvolver novas oportunidades de negócio”.

A empresa foi ainda a primeira responsável pela operação e manutenção do Metro do Porto, a partir de 1997.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta