Chuvas prejudicam circulação da Linha 8-Diamante

Foto ilustrativa (Linha 8-Diamante)

Trens circulam com velocidade reduzida entre estações Osasco e Comandante Sampaio. Linha 7-Rubi segue interrompida entre Campo Limpo Paulista e Jundiaí

ALEXANDRE PELEGI

Esta terça-feira, 26 de fevereiro de 2019, está sendo complicada para quem depende de transporte público na Região metropolitana de São Paulo (RMSP).

A chuva forte que cai na capital paulista e em parte da RMSP está causando trantornos para o transporte coletivo e o trânsito. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) informou que toda a cidade está em estado de atenção desde as 13h25.

Após a Linha 7-Rubi interromper a circulação entre as estações Campo Limpo Paulista e Jundiaí devido à queda de uma árvore na rede aérea, agora é a Linha 8-Diamante que passa por problema semelhante, provocado pelas fortes chuvas que caem na RMSP.

A CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos informou há pouco (14h:30) que os trens circulam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as Estações Osasco e Comandante Sampaio “devido a Interferência Externa” .

Em Osasco, uma árvore caiu sobre os trilhos da Linha 8, como se pode ver em foto enviada ao Diário do Transporte pelo leitor Rafael Faria:

arvore_oscaso

Foto: Rafael Faria

REDE DE TRÓLEBUS

Os fortes ventos também derrubaram árvores sobre trólebus em dois pontos na Praça João Mendes, centro de São Paulo:

pca_joao_mendes

Foto: Rádio Trânsito

pca_joao_mendes_2

Foto: Redes sociais

O Corpo de Bombeiros informou na manhã desta terça-feira, que apenas na região metropolitana caíram 325 árvores, entre as 18 horas de ontem e as 6 horas de hoje. Até o início da tarde, a corporação havia recebido 411 solicitações devido a queda de árvores.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta