CPTM afirma que fortes chuvas comprometeram sistema de sinalização da Linha 10-Turquesa em Utinga

Estragos ocasionados pela chuva e raios na Estação Utinga, em Santo André, da linha 10-Turquesa. Foto: Divulgação CPTM/Clique para Ampliar

Trens circulam com velocidade reduzida na região desde o início da operação neste sábado, 16 

ALEXANDRE PELEGI

A Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) continua operando com lentidão na manhã deste sábado, 16 de fevereiro de 2019. Os trens circulam com maior tempo de parada entre as estações São Caetano e Prefeito Celso Daniel-Santo André. O motivo, segundo a companhia, se deve a descarga elétrica.

Em nota encaminhada ao Diário do Transporte, a Companhia informa que as fortes chuvas que atingiram a região do ABC na noite desta sexta-feira, 15 de fevereiro, causaram a paralisação da circulação dos trens entre as estações Tamanduateí e Santo André. Além de alagamentos, houve a queda de raio sobre o sistema de sinalização nas imediações da Estação Utinga.

Equipamento de sinalização e controle dos trens danificado

A CPTM acionou a operação Paese, mas os ônibus não conseguiram chegar por conta dos alagamentos em vários pontos da região”, informa a nota.

A empresa afirma que o sistema de sinalização em Utinga foi muito comprometido, e que por esse motivo os trens circulam hoje com velocidade reduzida desde o início da operação.

Adamo Bazani, editor do Diário do Transporte, enviou vídeo direto do trem da Linha 10-Turquesa, na região da Estação São Caetano, por volta das 8h:00, em que relata a lotação das composições e a falta de informação aos usuários dos motivos que ocasionam a velocidade reduzida, bem como de qualquer previsão de normalização.

lotação_linha10

A lentidão nos trens da linha 10-Turquesa na manhã deste sábado provocou lotação no início da manhã. (Foto: Adamo Bazani)

A CPTM afirma na nota que “durante toda a ocorrência, os passageiros foram informados por meio do sistema de som dos trens e estações e através das redes sociais, site e do aplicativo CPTM Oficial”.

Cobertura destruída por raio

Chuva forte e raios destalharam casas e estabelecimentos, além de derrubarem árvores. Pedaços de telhas e galhos atingiram a ferrovia e equipamentos

Leia a nota na íntegra:

A forte tempestade que atingiu a região do ABC na noite de sexta-feira (15), também castigou duramente a Linha 10-Turquesa no trecho entre as estações Tamanduateí e Santo André.

Além de alagamentos na via, o vendaval causou o destelhamento de alguns imóveis vizinhos a estação. Pedaços de telhas atingiram a ferrovia e diretamente a rede elétrica causando curto circuito na rede potencializando os danos.

Alem disso, a queda de um raio sobre a cabine de sinalização atingiu vários equipamentos, que precisam ser recuperados. Por isso, desde o início da operação da Linha 10, neste sábado, os trens estão passando com velocidade reduzida nas proximidades da Estação Utinga.

A CPTM esclarece que embora tenha acionado a operação Paese, os ônibus não conseguiram chegar por conta dos alagamentos em vários pontos do ABC. Por volta da meia-noite, uma das vias foi liberada e os trens voltaram a circular, atendendo os passageiros que por não terem outras alternativas diante da chuva e das inundações aguardaram em segurança nas estações.

As equipes de manutenção trabalharam arduamente, durante a madrugada para restabelecer a operação por completo no trecho afetado. A mobilização prossegue neste sábado
para a limpeza, remoção do entulho e executar os reparos necessários no entorno das estações.

Cabe ressaltar que durante toda a ocorrência, desta noite, os passageiros foram informados por meio do sistema de som dos trens e estações e através das redes sociais, site e do aplicativo CPTM Oficial.

A chuva que atingiu a região metropolitana nesta manhã provocou deslizamentos de terra em São Caetano do Sul. A situação levou a Prefeitura a cancelar um concurso público marcado para este domingo, 17.

LINHA 7-RUBI

Na noite de ontem, devido também às fortes chuvas que caíram na região metropolitana, a Linha 7-Rubi operou com velocidade reduzida entre Francisco Morato e Jundiaí até o final da operação devido a alagamentos no trecho. Relembre: Alagamento prejudica circulação da Linha 7-Rubi entre Francisco Morato e Jundiaí

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta