Prefeitura de São Paulo anuncia para 18 de março liberação de viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros

Segundo gestão Bruno Covas, prazo é dois meses anterior ao planejado. Ônibus e caminhões ainda estarão impedidos de circular. Secretaria de Obras diz que velocidade da linha 9-Esmeralda da CPTM pode ser normal.

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Paulo anunciou por meio de suas redes sociais na manhã desta terça-feira, 12 de fevereiro de 2019, que a liberação do viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros, na região do Jaguaré, no dia 15 de novembro do ano passado, vai ocorrer no dia 18 de março deste ano.

A liberação, entretanto, será apenas para veículos leves. Caminhões e ônibus ainda estarão impedidos de trafegar pela estrutura.

Segundo a gestão Bruno Covas, o prazo de reabertura é dois meses antes do que havia sido previsto.

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura também informou que a velocidade dos trens da linha 9-Esmeralda da CPTM podem ser normalizadas no trecho.

Por causa do incidente com o viaduto, os trens da linha 9-Esmeralda da CPTM – Companhia Paulista circulam desde então com velocidade reduzida nas proximidades.

O custo de restauro, segundo a gestão, deve ficar em torno de R$ 30 milhões. Se fosse feito um viaduto novo, o valor seria de R$ 70 milhões, ainda segundo a prefeitura.

Após o ocorrido, a prefeitura intensificou vistorias em outras pontes e viadutos que também apresentam problemas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta