Sindicato dos Metroviários diz que acidente com monotrilho foi causado por ausência de sistema de comunicação

Segundo a categoria, a Linha 15 não possui sistema de detecção de outro trem ADAMO BAZANI / JESSICA MARQUES O Sindicato dos Metroviários informou que o acidente que resultou na colisão de dois trens do monotrilho da Linha 15-Prata, na capital paulista, foi causado por falha no sistema de comunicação. Segundo os metroviários, a Linha 15-Prata não possui sistema de detecção de outro trem. O sindicato, em ofício, aponta ainda a ausência de um operador de trem como possível causa do acidente. Apesar da alegação, a STM (Secretaria de Transportes Metropolitanos) informou, em nota ao Diário do Transporte nesta quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019, que o monotrilho é seguro e que a colisão foi causada por falha humana. Em 05 de fevereiro de 2019, o Metrô de São Paulo divulgou um laudo da comissão de segurança informando que o acidente foi causado por falha humana. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/02/05/laudo-do-metro-aponta-falha-humana-no-acidente-da-linha-15-prata-de-monotrilho/ Segundo nota da estatal, “a ação humana tornou o trem M22, que estava estacionado na plataforma da estação Jardim Planalto, invisível ao sistema de comunicação e sinalização (CBTC), causando a colisão com o trem M23”. O Sindicato dos Metroviários mostra-se contra a conclusão do Metrô de São Paulo e os membros estão … Continue lendo Sindicato dos Metroviários diz que acidente com monotrilho foi causado por ausência de sistema de comunicação