Yellow anuncia fusão com empresa mexicana para compartilhamento de bicicletas e patinetes

Sergio Romo, CEO global da Grow, e Ariel Lambrecht, diretor de produtos. Foto: Divulgação

Nova companhia, chamada Grow, vai disponibilizar 135 mil veículos em seis países da América Latina

JESSICA MARQUES

A empresa brasileira Yellow anunciou fusão com a mexicana Grin para o compartilhamento de bicicletas e patinetes. A nova companhia, fruto da união de ambas, vai se chamar Grow.

Ao todo, a nova empresa vai disponibilizar 135 mil bicicletas e patinetes em seis países da América Latina. O objetivo principal é a expansão no continente.

Apesar da fusão, as duas companhias devem manter os aplicativos funcionando separadamente nas 15 cidades onde estão presentes. Ao todo, a empresa possui 1,1 mil funcionários em 6 países.

Para realizar a junção das empresas foram necessários US$ 150 milhões em investimentos, que serão utilizados para aumentar as unidades de bicicletas e patinetes.

Para os próximos meses, está prevista a chegada do serviço em diversos municípios brasileiros, como Vitória (ES), Vila Velha (ES), Porto Alegre (RS) e Recife (PE).

Segundo informações do Estadão, a nova empresa será comandada por Sergio Romo, que é atual presidente executivo da Grin, fundada no México em abril de 2018. Por sua vez, o presidente do conselho será Jonathan Lewy, cofundador da startup mexicana.

O fundador da Yellow, Ariel Lambrecht será o vice-presidente de produto da Grow. A empresa brasileira foi criada no início de 2018.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta