Projeto prevê que todos os assentos dos ônibus sejam preferenciais na capital paulista

Proposta tem como objetivo proporcionar maior segurança aos passageiros de ônibus municipais. Foto: Adamo Bazani.

Proposta está em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo

JESSICA MARQUES

Um projeto de lei que está em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo propõe que todos os assentos dos ônibus sejam preferenciais na capital paulista. Segundo a proposta, o uso deve ser preferencial para passageiros acima de 60 anos, com deficiência ou mobilidade reduzida, mulheres grávidas ou acompanhadas de crianças de colo.

O PL (Projeto de Lei) 149/2018 é de autoria do vereador Ricardo Teixeira. A justificativa do projeto é que a iniciativa é necessária porque os demais usuários não costumam ceder os assentos comuns, sob o argumento de que já existem os preferenciais.

Segundo a proposta, a situação atual aumenta o risco de acidentes envolvendo usuários que teriam direito a usar os reservados, mas permanecem em pé por falta de assentos preferenciais.

A proposta prevê ainda que deverão ser fixados avisos informativos com as instruções sobre a legislação, caso o projeto seja aprovado e entre em vigor.

O projeto sugere também a possibilidade de realização de campanhas educacionais e de conscientização a respeito do uso racional dos assentos no transporte coletivo.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Eliana disse:

    Ridículo!

    1. Wilson Gilberto Juvvetino da Silva disse:

      COMO PODE IMPOR UMA LEI TÃO IMBECIL COMO ESTA, ISSO TUDO É IDEOLOGIA DE COMUNISTA , TÁ DIFÍCIL TIRAR ESSAS IDÉIAS DAS CABEÇA DESSES POLÍTICOS XXXXXX

  2. Anderson Araújo disse:

    É controverso… No meu ponto de vista não há como manter a preferencia de assentos em horários de pico e, mesmo existindo a possibilidade, a incidência de desavenças em coletivos e filas será maior; discussões como “eu tenho 62 anos e por lei eu posso ficar sentada porque o assento é preferencial…”, “mas eu fiquei na fila por duas horas então quem vai sentada sou eu…” passarão a ser mais comuns…

  3. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Desnecessário! Deviam fazer Projetos DE Lei para Linhas Municipais Locais operadas somente por Vans tipo “Sprinter”, “Ducato”… isso sim ! Para atender quem mora em morros como os da Zona Norte – Área 2… que coisa mais mimizenta esse “projeto” ai… ridiculo!

  4. Geralda disse:

    Gostei do projeto .porque não somos respeitados os mais jovens sentam em nossos lugares e fingem está dormindo .

  5. Leide Santos disse:

    Acho uma falta de respeito com Quem Vai trabalhar, por exemplo acordo as 4:00 hs e pego o ônibus 4:45 pra poder ir sentada,o ônibus leva 1 hora e 30 pra chegar no destino e tenho tendinite nos dois tornozelos, e essa lei nao serve pra mim,é tbem pras outras pessoas que acordam cedo como eu e leva todo esse tempo pra chegar no trabalho

  6. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Projeto inútil.

    “A população brasileira está em trajetória de envelhecimento e, até 2060, o percentual de pessoas com mais de 65 anos passará dos atuais 9,2% para 25,5%. Ou seja, 1 em cada 4 brasileiros será idoso. É o que aponta projeção divulgada nesta quarta-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).”

    “Segundo a pesquisa, a fatia de pessoas com mais de 65 anos alcançará 15% da população já em 2034, ultrapassando a barreira de 20% em 2046. Em 2010, estava em 7,3%.”

    Fonte em 24.01.18 as 20:15 hs

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/07/25/1-em-cada-4-brasileiros-tera-mais-de-65-anos-em-2060-aponta-ibge.ghtml

    Se quiserem, leiam a matéria completa.

    Att,

    Paulo Gil

  7. Dirceu disse:

    Além deste projeto, o digníssimo vereador, deveria também acrescentar que os ônibus tenha todos os seus assentos e não aqueles veículos com vários assentos unitários, fazendo com que os passageiros façam a viagem em pé e outra coisa, aumentar o nº de veículos nas linhas, pois está escasso, é um verdadeiro transtorno pegar um ônibus sentido centro, demoram muito e cheios quando aparecem.
    Dirceu.

  8. EDSON PEREIRA DO PRADO disse:

    Projeto de lei inútil feito por vereador ocioso.

  9. Clylton Oliveira disse:

    Pra mim é um idiota q não tem o q que inventar e quer prejudicar a população que colocou ele lá, agora não precisa mais dela né.. .

  10. Amitaf disse:

    Não acredito que esse projeto passe pela votação. Por outro lado a questão é de educação, porque mesmo nossas leis não sao respeitadas! Nos idosos temos mesmo que contar com a sorte de encontrarmos pessoas educadas, infelizmente!!!!!!

  11. Elisete Rodrigues disse:

    Projeto inútil pois os poucos que já são preferencial são ignorados muitas vezes eu mesma que estou gestante vou de pé no ônibus enquanto tem gente que utiliza o banco que por lei seria de meu direito de uso fingem estar dormindo ou com a cara no celular e ignora qnd alguém revendica e os motoristas nem se manifestam continuam a viajem e nada fazem

  12. Sore Sore disse:

    SO QUERO SABER QUEM VAI PAGAR ESSA CONTA PROJETO INUTIL COMO MUITOS

    1. Paulo Gil disse:

      Sore Sore, bom dia.

      Quem vai pagar esta e outras contas sem dúvida são os Contribuintes, pode ter certeza.

      Aliás já estamos pagando.

      Abçs,

      Paulo Gil

  13. Rafael disse:

    Só acho que deveria haver um tipo de identificação de preferência, existe bilhete único especial , pq não um documento que prova que a pessoa e preferencial. E não falo provando que a pessoa é idosa. Mas provando que ela precisa, porque tem muito idoso por aí que aguenta sim ficar em pe e que só se finge de coitado. Ou seja só pessoas dentro da categoria que realmente precisa utilizaria. Não passo uma hora em pé na fila para tentar ir sentado, para levantar para o primeiro idoso que andou a 25 inteira sentar pq e velhinho. Vou ficar velho sim um dia, mas vou saber respeitar a pessoa que trabalhou o dia todo e tbm está cansado ou exausto. Nao vou ficar me fazendo de coitadinho por aí.

  14. Danilo disse:

    Esse vereador desprovido de inteligência poderia arrumar a merda que ele fez na Celso Garcia, nunca vi uma pessoa causar tanto desserviço para população.

  15. Andréia disse:

    se eu vou pagar 4:30 reais eu tenho o direito de ir e vir sentada, não abro mão. dos meus direitos. agora se não sou obrigada a pagar mais a passagem. .tudo bem. kkkk, direitos iguais. trabalhador também cansa sabiam? ? sem noção essa lei absurda.

Deixe uma resposta