‘Viagem Segura’ comemora dois anos de operação nos ônibus de Belo Horizonte

Foto: Prefeitura de BH

Composta por agentes da Guarda Municipal, Operação realizou mais de 35 mil viagens nesse período

ALEXANDRE PELEGI

Após completar dois anos, a operação Viagem Segura fecha com balanço positivo.

Composta por agentes da Guarda Municipal em Belo Horizonte, a Viagem Segura realizou mais de 35 mil viagens nesse período.

A prefeitura informa que, como resultado, a Operação reduziu crimes como furtos e roubos a passageiros em ônibus na capital.

Segundo o balanço divulgado pela Prefeitura de BH, em 2018 foram registrados mais de 17 mil embarques de agentes da Guarda em ônibus municipais, e outras cerca de 1,5 mil em coletivos metropolitanos.

Nesse período foram abordados 4.700 pessoas suspeitas, 44 presas e 75 veículos interceptados para averiguações.

A Operação Viagem Segura é realizada com a presença de guardas municipais, que embarcam nos ônibus das 18h até o fim da noite. Os agentes percorrem as avenidas que detém índices elevados de roubos, como é o caso das avenidas Antônio Carlos e Nossa Senhora do Carmo.

O balanço da prefeitura mostra que em 2017 foram pouco mais de 15 mil viagens nos ônibus municipais, e mais de mil em ônibus metropolitanos, com a abordagem de 631 veículos abordados e 7 mil suspeitos, o que redundou em 59 prisões.

Em 2018 a Operação Viagem Segura passou a atuar nas estações de integração do Move, sistema de BRT de Belo Horizonte.

Conforme comunicado da Prefeitura, os guardas municipais atuam nas estações do Move São Gabriel, Pampulha e Diamante, onde “evitam a ação de vendedores clandestinos, agem de forma preventiva para evitar a prática de roubos e furtos contra usuários do transporte público e conseguem inibir a evasão de passageiros sem pagar passagem”.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta