Centro histórico de Roma terá miniônibus elétricos de volta na primavera de 2019

Pequenos veículos elétricos estão sendo reformados pela ATAC, Companhia de Transporte Público da capital italiana

ALEXANDRE PELEGI

A ATAC – Azienda per i Trasporti Autoferrotranviari del Comune di Roma, empresa que opera a maior parte da rede de transporte público da histórica capital italiana, promete trazer de volta ao centro histórico da cidade os pequenos ônibus elétricos, ausentes das ruas desde outubro de 2017.

A promessa é que os veículos 100% elétricos retornarão às ruas estreitas do centro histórico na primavera de 2019, segundo anunciou a companhia ATAC.

Os ônibus estão sendo reformados e serão postos novamente em circulação durante a primavera, chegando a 25 ônibus no verão.

A ATAC garantiu ainda que até 2020 haverá 60 ônibus elétricos em operação nas ruas da capital italiana.

Os ônibus foram projetados para transportar 14 passageiros em pé e oito sentados, com um espaço destinado a passageiros com deficiência.

A rede de ônibus elétricos de Roma foi suspensa em março de 2014, supostamente por falta de baterias. Parcialmente restabelecida vários meses depois, ela foi novamente desativada em 2017.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. rebU disse:

    Achei engraçadinho esse Tecnobus Gulliver!
    Além de curtinho, quase não tem balanço traseiro!

Deixe uma resposta