Linha 3 normaliza operação após circular meia hora com velocidade reduzida

(Foto: Alexandre Pelegi)

Dia de hoje foi conturbado para os usuários do sistema de trilhos da região metropolitana

ALEXANDRE PELEGI

O Metrô de São Paulo informou há pouco que a Linha 3-Vermelha voltou a operar normalmente.

A informação foi registrada aproximadamente às 20h:43.

Às 20h:14, segundo informações da Companhia, uma interferência na via na estação Sé levou os trens a circularem com velocidade reduzida e maior tempo de parada.

Esta sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2018, foi conturbada para parte dos usuários do sistema de trilhos da região metropolitana de São Paulo.

No início da manhã os trens da Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo circularam com velocidade reduzida por 2 horas, devido a uma interferência na via entre as estações Paraíso e Vergueiro registrada às 6h:33. Os problemas operacionais ocasionaram também lentidão nos trens da Linha 3 – Vermelha. A situação foi finalmente regularizada, segundo o Metrô de SP, às 8h:27.

No final da tarde, após mais de três horas com velocidade reduzida, as linhas 10-Turquesa e 7-Rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) passaram finalmente a operar normalmente. Os problemas nas duas linhas começaram por volta das 15h.

A Linha 10 liga Rio Grande da Serra, no ABC Paulista, ao Brás, na capital, passando por outros municípios da Grande São Paulo. Neste trajeto, os trens circularam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as Estações Mauá e Rio Grande da Serra, devido a uma falha em trens.

Na Linha Rubi, por sua vez, os trens sentido Francisco Morato não estavam obedecendo parada na estação Piqueri. Os usuários com destino a essa estação tinham que fazer a transferência na estação Pirituba para retornar no trem sentido estação Luz. A falha ocorreu por problemas técnicos em equipamento de via.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta