Fábrica chinesa de material rodante vende 22 trens elétricos para o Cairo

Unidades elétricas serão projetadas para serem resistentes ao vento e à areia, e trafegarão a uma velocidade de 120 km/h

ALEXANDRE PELEGI

A fabricante chinesa de material rodante CRRC Qingdao Sifang Co. Ltd. venceu uma concorrência para desenvolver e produzir 22 trens elétricos resistentes ao vento e à areia para o Egito.

A companhia informou que os trens serão equipados com 132 vagões no total, e serão utilizados no sistema ferroviário que liga a capital egípcia do Cairo à cidade-satélite do 10º Ramadã. Esta cidade, localizada na província de Sharqia, é uma nova comunidade urbana e uma das mais industrializadas, considerada parte da Grande Cairo.

Os trens serão projetados para viajar a uma velocidade de 120 km por hora, em uma ferrovia de 68 km com 11 estações atualmente em construção.

A fabricante chinesa oferecerá manutenção de 12 anos para os trens.

A companhia informou que a capacidade máxima de transporte das composições foi fixada em 2.222 pessoas, podendo lidar com um fluxo maior de passageiros, conforme exigido pelo contrato. Trens leves similares na China normalmente têm capacidade máxima de 1.328 passageiros cada.

Localizado na cidade portuária de Qingdao, no leste da China, a CRRC Qingdao Sifang projeta e fabrica uma variedade de trens-bala, trens de metrô e bondes. Muitos de seus produtos têm funções especiais, como por exemplo unidades que se adaptam ao frio extremo, altas altitudes ou providos de motores movidos a hidrogênio que não agridem o meio ambiente.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta