Metrô vai contratar empresas para recolher cães e gatos abandonados em trilhos e estações

Funcionários do Metrô recolhem cão ferido na linha 3-Vermelha. Presença do animal causou paralisação dos trens em fevereiro de 2017. Foto: Reprodução Record TV/ Clique para ampliar

Casos de atropelamentos de animais podem, inclusive, prejudicar operações e aumentar riscos de acidentes com os trens

ADAMO BAZANI

O Metrô de São Paulo abriu um processo de cadastramento de empresas para recolher cães, gatos e outros animais domésticos sem dono ou abandonados nas linhas, estações, pátios e outras áreas tanto administrativas como operacionais.

A contratação será por meio de parceria e as pessoas jurídicas interessadas devem se cadastrar entre esta segunda-feira, 05 de novembro de 2018 e o dia 07 de dezembro de 2018.

Atropelamentos, principalmente de cães, pelas composições do metrô acabam sendo comuns na rede, de acordo com os funcionários. Há casos também de animais eletrocutados nos trilhos (por onde passa a energia) e nos equipamentos.

Além de ser perigosa para a vida dos animais, a presença deles nas estações e, principalmente, nas linhas pode ocasionar acidentes e atrasos na operação.

As empresas que firmarem parceria com o Metrô devem providenciar o recolhimento e cuidados dos animais, bem como dar o tratamento de saúde, realizar as vacinações e destinar os bichos para novos donos.

Outra função é recolher os animais que tenham sido mortos pelos trens e equipamentos.

A empresa deve ter estrutura física para abrigar os animais.

O tempo de contrato é de um ano e a previsão é de dois atendimentos, em média, por mês.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

4 comentários em Metrô vai contratar empresas para recolher cães e gatos abandonados em trilhos e estações

  1. Porque vcs não entram em contato com a Ampara Animal e a Luisa Mel para fazerem uma parceria? Assim teríamos certeza que os animais seriam tratados e acolhidos.

  2. Um perigo para estes animais indefesos. Por isso que admiro tanto essas instituições que cuidam de animais abandonados. Na minha cidade mesmo tem uma que pude conhecer o trabalho de perto. Realmente algo de Deus.
    Para quem quiser conhecê-los: http://bit.ly/BomDePataOficial

  3. Uma coisa pouco dita, o Metro gasta absurdos pra colocar aquelas músicas nos carros que ninguém gosta, ao invés de usar pra algo útil, que seria dos animais, a CPTM deve ser pior, porque existem trechos de periferias, que mal tem muro ou não tem, e roubos e cabos, vergonha.

  4. Parceria sem repasse financeiro. O Metrô de São Paulo perdeu o senso do ridículo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: