Prefeitura de São Paulo apresenta 20 novos ônibus para as zonas Oeste e Noroeste

Região teve 464 veículos novos desde janeiro de 2017

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Paulo apresentou nesta terça-feira, 2 de outubro de 2018, 20 novos ônibus para as zonas Oeste e Noroeste da capital paulista. A região teve 464 veículos novos desde janeiro de 2017.

A apresentação foi feita pelo prefeito Bruno Covas, junto ao secretário de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Machado Neto, e o presidente da SPTrans, Paulo Cézar Shingai, na garagem da viação Gato Preto, que opera nas duas regiões.

Por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e da SPTrans (São Paulo Transporte), a frota está sendo renovada desde o início do ano passado. O evento realizado nesta terça teve como objetivo divulgar o balanço de novos ônibus para a população.

Segundo informações da Prefeitura de São Paulo, desde janeiro de 2017 foram entregues 2.300 ônibus novos em todas as regiões da cidade. As zonas Noroeste e Oeste, que correspondem às áreas operacionais 1 e 8 do sistema municipal de transporte coletivo público, receberam 464 destes veículos.

Os ônibus que chegaram nesta terça-feira são equipados com ar-condicionado, acessibilidade, tecnologia embarcada como Wi-Fi e tomadas USB e motores menos poluentes, segundo a SPTrans.

“Além do ganho na qualidade da viagem e no conforto dos passageiros, os ônibus novos trazem benefícios à saúde de toda a população, já que eles são equipados com motores Euro V e por isso emitem menos poluentes. Essa tecnologia contribui para a melhoria da qualidade do ar e assegura maior eficiência energética ao veículo”, informou a SPTrans, em nota.

A Prefeitura informou ainda que a atual gestão entregou 2.300 ônibus novos, sendo 1.116 foram incorporados à frota ao longo do ano de 2018. Desta forma, foi possível chegar a 93,8% de acessibilidade.

“Trabalhamos para que os passageiros tenham um sistema cada vez mais confortável e acessível ao modernizar a frota e incorporar novas tecnologias como ar-condicionado e tomadas USB”, disse o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

O presidente da SPTrans, Paulo Cézar Shingai, por sua vez, afirmou que “renovar a frota é fundamental para conferir eficiência, segurança e qualidade, tornando as viagens mais confortáveis aos passageiros”.

Leia também: Cidade de São Paulo recebe mais 55 ônibus novos nos próximos dias

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Roberto Rosa Viana Junior disse:

    Muito bom. Não vejo a hora de chegar a vez da linha 8015-10. É operada pela Transcooper Fênix, os onibus quebram todo dia, estão todos remendados, nunca cumprem os horários, só funciona mais ou menos quando quando a SPtrans faz fiscalização, mais avisar “vou fazer fiscalização amanhã” não vale como fiscalização. Colocaram vários microonibus novos e as tranqueiras continuaram todas na 8015-10. Até quando?

Deixe uma resposta