Curitiba amplia pontos de recarga do cartão-transporte

Foto: Divulgação

Urbs lançou edital para credenciamento de pontos de venda de créditos; objetivo é ampliar número de locais para recarregar o cartão

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Curitiba decidiu facilitar um pouco mais a vida do usuário do transporte coletivo ampliando o número de pontos de recarga do cartão-transporte.

A Urbanização de Curitiba (Urbs), empresa responsável pela operação e fiscalização do transporte público da capital paranaense, lançou nesta segunda-feira, dia 24 de setembro de 2018, um edital para credenciamento de pontos de venda de créditos.

A ideia é ampliar para o maior número possível os locais – farmácias, supermercados, bancos, lotéricas e outros estabelecimentos – para carregar o cartão-transporte. Atualmente, a carga pode ser feita em 23 bancas de jornais e revistas.

O credenciamento prevê diversas formas de recarga, desde novos pontos físicos, como rede bancária, lotéricas, farmácias e mercados, até a venda por aplicativos de celular.

Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs, afirma que o maior objetivo é credenciar pontos de venda em rede, “como operadoras de cartão e até mesmo instituições bancárias”.

O credenciamento prevê diversas formas de recarga, desde novos pontos físicos, como rede bancária, lotéricas, farmácias e mercados, até a venda por aplicativos de celular.

A principal regra do edital para os credenciados é que tenham mais de 100 pontos (máquinas para a venda do crédito) na cidade e que apresentem solução embarcada e integrada com o sistema de bilhetagem eletrônica da Urbs para que os créditos sejam liberados automaticamente nas catracas.

O prazo do credenciamento é de dois anos e basta os interessados procurarem a Urbs com a documentação necessária para avaliação e se aprovada, a integração será feita.

O edital está disponível no site (www.urbs.curitiba.pr.gov.br), em Licitações, no ícone Avisos.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta