Apenas uma estação da linha 5 Lilás do Metrô está garantida para este mês

Linha completa chegou a ser prometida para 2014. 855 mil pessoas deve ser a demanda diária

Secretário de transportes metropolitanos acredita que estações Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin estejam concluídas até o final do mês de setembro

ADAMO BAZANI

O secretário de transportes metropolitanos do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni, voltou a falar sobre as previsões de entregas das estações da linha 5-Lilás do Metrô, operada agora pelo grupo privado Via Mobilidade (CCR/Ruas Invest), mas com obras sob responsabilidade do governo estadual.

Em entrevista ao programa 90 minutos, da Rádio Bandeirantes, Pelissioni disse nesta terça-feira, 21,  que para este mês, “provavelmente na próxima semana”, a previsão é de entrega da estação AACD-Servidor.

Devem ficar para “até o final de setembro”, as entregas das estações  Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin.

A mais recente promessa do então governador Geraldo Alckmin, era de que seu sucessor, Marcio França, entregasse as quatro estações em agosto.

As declarações de Pelissioni coincidem com outra entrevista, desta vez concedida em 14 de agosto ao repórter Tiago Muniz, da Rádio Jovem Pan, cedida ao Diário do Transporte, na qual o secretário já projetava para setembro a entrega do pacote completo das quatro estações.

A linha 5-Lilás de Metrô, quando completa deve transportar em torno de em torno de 855 mil passageiros por dia até 2020 e tende a ser lucrativa. Várias promessas foram apresentadas pelo Governo do Estado, que precisou mudar as datas.

Toda a linha chegou a ser prometida para 2014. Mas problemas com as empreiteiras, nos planejamentos, contratos e até litígios jurídicos foram fatores que se se somaram e provocaram os atrasos.

O ex-governador Geraldo Alckmin prometeu entregar ainda em 2017 as estações Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin. A estação Campo Belo deveria começar a funcionar no “início” de 2018, sem uma previsão mais concreta.

Entretanto, no meio de novembro de 2017, o secretário de transportes metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse que a entrega da estação Eucaliptos seria em janeiro. As estações Moema e Hospital do Servidor deveriam por esta promessa ser concluídas em fevereiro e, em abril seriam possíveis as integrações da linha 5 com as estações Chácara Klabin (linha 2-Verde) e da Santa Cruz (linha 1-Azul). A estação Campo Belo só deveria ser entregue até dezembro de 2018.

Em dezembro de 2017, a gestão mudou as datas. A estação Eucaliptos deveria ser entregue em janeiro de 2018, mas só foi inaugurada em 02 de março. Moema, AACD-Servidor e Hospital São Paulo chegaram a ser prometidas para o mês de fevereiro. No dia 18 de agosto de 2018, a estação Moema começou a ter operação comercial (com cobrança de passagem), mas sem ampliação do horário de atendimento.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Apenas uma estação da linha 5 Lilás do Metrô está garantida para este mês

  1. Não deveriam prometer aquilo que não pode cumprir!!!
    Abril, Junho, Julho, Agosto e agora Setembro.

  2. O governo e o Metrô não tem competência em nenhuma frente para administrar obras.
    Tudo deveria ser privatizado, assim, além de funcionar geraria milhares de empregos que o Cabide Metro não deixa expandir.

  3. Governo de vagabundos, corruptos, ladrões e traidores do povo. Para infelicidade de vocês, parte expressiva do povo já está percebendo este estelionato de idéias e promessas. Aguardem a nossa vingança nas urnas

  4. Mais uma vez o governo de São Paulo, cumpre com suas mentiras, e em setembro, vamos ter mais um adiantamento , mais a copa de 2022 já já tá aí , aí sim vai ficar pronta pra copa do mundo

  5. Gostaria de saber sobre a extensão da linha 5 lilás no sentido do hospital M Boi Mirim, visto que nenhum repórter sequer ingaga o digníssimo secretário???

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: