Prefeitura de Juiz de Fora altera horários de linhas de ônibus

As regiões afetadas foram norte, nordeste e central. Foto: Divulgação.

Mudanças válidas para o período noturno foram aplicadas nesta semana; um ponto final também foi modificado

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Juiz de Fora, em Minas Gerais, alterou horários de algumas linhas de ônibus municipais. As mudanças, válidas para o período noturno, foram aplicadas nesta semana, entrando em vigor nesta quarta-feira, 1º de agosto.

As regiões afetadas foram norte, nordeste e central. A Prefeitura informou que todas as alterações e os quadros de horários já estão disponíveis no site da Settra (Secretaria de Transporte e Trânsito).

Confira as mudanças:

– A Linha 511 (Dom Bosco/Borboleta) terá o quadro de horários alterado nos dias úteis. Além disso, os veículos que fazem os horários de 20h36, 21h15 e 21h53 terão o itinerário modificado no sentido Borboleta/Dom Bosco, atendendo os usuários do Centro de Atenção à Saúde (CAS) do Hospital Universitário (HU), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O trajeto será pelas avenidas Presidente Itamar Franco, Eugênio do Nascimento e via local, até o ponto final.

– A 714 (Chapéu d`Uvas) terá mudanças no horário aos sábados, domingos e feriados. O itinerário também será modificado nestes dias. O ônibus, após realizar o atendimento à região de Novo Viradouro, voltará sentido Centro.

– O ponto final das linhas 706, 734 (Cidade do Sol) será modificado para a Rua José Teixeira da Silva, 117, e o da 735 (Vila Esperança 2) para a Rua Henrique Dias, 33, no Bairro Benfica. Essas modificações acontecerão em dias e horários específicos.

Nos dias úteis, a mudança de ponto final começará a partir de 21h20, na Linha 706; de 21h11 em diante na 734; e após 21h25 na 735. Aos sábados, de 21h18 em diante na Linha 706; a partir das 20h52 na 734; e depois das 20h43 na 735. Domingos e feriados, de 21h27 em diante na Linha 706; após 21h54 na 734; e de 20 horas em diante na 735.

Confira a lista completa de horários.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta