Daimler separa operações de vans e carros, ônibus e caminhões e a de serviços financeiros

Serão criadas empresas que atuarão de maneira independente

ADAMO BAZANI

A Daimler AG anunciou nesta semana que vai separar de forma definitiva suas operações globais por categorias de produtos e serviços.

O Conselho de Administração e Supervisão da Daimler AG aprovou a nova estrutura corporativa da Daimler AG.

As atuais divisões se tornarão três empresas independentes, como sociedades anônimas de capital alemão, as Aktiengesellschaften – AG:

– Vans e carros serão concentrados na Mercedes-Benz AG , com 175 mil funcionários em todo o mundo.

– Caminhões e ônibus na Daimler Truck – AG, com 100 mil funcionários em todas as unidades do planeta

– Serviços financeiros e de mobilidade se tornam a Daimler Mobility, com 13 mil empregados globalmente.

Em nota à imprensa especializada, como o Diário do Transporte, a Daimler diz que a nova estrutura já aprovada pelo conselho agora será votada na Assembleia Geral Anual da Daimler em 22 de maio de 2019.

Ainda na nota, o grupo diz que a empresa controladora será a Daimler AG que vai gerenciar a governança corporativa e promoverá as sinergias e interações comerciais entre as três empresas.

“A Daimler AG, a empresa controladora, exercerá funções de governança corporativa, estratégia e gerenciamento e fornecerá serviços comerciais entre divisões. Isso também garantirá que as sinergias [entre as entidades] permaneçam como antes. Como uma holding operacional, a responsabilidade pelo financiamento de todo o Grupo continuará a pertencer à Daimler AG, como a única empresa do grupo corporativo a ser listada na bolsa de valores. Não há planos para a corporação alienar divisões individuais.”

A ação é chamada pela Daimler de Project Future, que deve ser consolidado em 2020.

De acordo com o responsável por Finanças e Controladoria da Daimler Financial Services e membro do Conselho de Administração da Daimler AG, Bodo Uebber, o Project Future vai mexer com a atuação das marcas do grupo em mais de 60 países onde atua diretamente.

A nova estrutura envolve a reatribuição de mais de 700 subsidiárias em mais de 60 países. Adicionalmente, nós examinamos os prós e contras da nova estrutura muito de perto e chegamos à conclusão de que as vantagens claramente prevalecem. Com essa nova estrutura, aprimoraremos nosso foco, aumentaremos a responsabilidade empreendedora e protegeremos nossas sinergias e economias de escala

A Daimler também anunciou garantias trabalhistas na Alemanha e reconciliação de interesses que incluem investimentos de 35 bilhões de euros até 2024 e garantia de emprego no País até o final de 2019.

TRATON:

Grandes corporações globais de veículos comerciais estão revendo as estratégias de atuação.

Como noticiou o Diário do Transporte em junho, o Grupo Volkswagen foi um deles.

A Volkswagen Truck & Bus deu o passo que faltava para se desvencilhar do Grupo Volkswagen, deixando de ser uma Ltda (GmbH) e passando a ser a sociedade anônima, com a oficialização do Registro Comercial do Tribunal Distrital de Munique, na Alemanha, em 26 de junho de 2018.

Foi o primeiro passo para a Volkswagen Truck & Bus se tornar o Grupo TRATON que atuará de forma independente.

O grupo reúne as marcas RIO, que atua no negócio digital de transportes, como telemetria, e as fabricantes MAN, a Volkswagen Caminhões & Ônibus e a Scania.

A intenção é manter as marcas, mas com mais sinergia dentro do TRATON.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/06/28/volkswagen-truck-bus-futuro-grupo-traton-se-separa-oficialmente-do-grupo-volkswagen/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodrigo Zika! disse:

    Cítaro um sonho no Brasil, triste.

Deixe uma resposta