Linhas do Metrô voltam a operar com regularidade após mais de uma hora e meia de lentidão

Estação Vergueiro: placa caiu sobre a composição

Uma placa de publicidade caiu na linha e chegou a atingir um trem, desencadeando problemas em todo o sistema

ALEXANDRE PELEGI

Após mais de uma hora e meia de problemas nas linhas Azul, Verde e Vermelha, a situação voltou à normalidade nesta quarta-feira, dia 25 de julho de 2018, segundo informações da Companhia do Metropolitano de SP.

O sistema Paese teve de ser acionado para ajudar a escoar o fluxo de passageiros, que era grande, com estações lotadas desde as 8h:00.

Uma interferência na estação Vergueiro da Linha Azul, devido à queda de uma placa de publicidade na via que chegou a se chocar em um trem, originou todo o problema.

 

As restrições operacionais da Linha Azul provocaram uma reação em cadeia, com problemas também nas Linhas 3-Vermelha e 2-Verde. As linhas passaram a operar com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações.

A Companhia informou que a redução da velocidade das linhas Verde e Vermelha é uma medida técnica que a empresa utiliza para diminuir o fluxo de passageiros e assim mitigar a pressão sobre a Linha 1-Azul, que recebe passageiros dessas linhas.

A situação só começou a ser normalizada por volta das 9h:25, segundo informações do Metrô, portanto mais de uma hora após o incidente.

Por e-mail enviado à assessoria de imprensa do Metrô solicitamos o posicionamento da Companhia sobre a situação. Pedimos também o nome da empresa responsável pela placa e ainda questionamos se haverá alguma ação por parte do Metrô em relação a ela.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Ronaldo disse:

    Esse é o conceito de mobiliário urbano vendido por essa tal de JCDecaux! Empresa mercenária! Que melhorias para o metrô e seus usuários essa empresa trouxe? Só interesse próprio na comercialização de facetas publicitárias! Obrigado governo de São Paulo por mais essa licitação! Obrigado JCDecaux por colocar em risco a vida de todos nós…

Deixe uma resposta para Ronaldo Cancelar resposta