Trans Azul, da Bolívia, realiza a maior compra de veículos da Marcopolo no País

Veículos são de chassi Mercedes-Benz

Ônibus, de 15 metros de comprimento e de dois andares, já iniciaram operação

ADAMO BAZANI

Já estão em operação na Bolívia, os 14 ônibus de dois andares encarroçados pela brasileira Marcopolo para a Linea Sindical Trans Azul.

Segundo a fabricante, os veículos começaram a operar no final de junho de forma gradativa.

O modelo é o Paradiso 1800 DD, com chassis Mercedes-Benz O 500 RSDD 2742 (de quatro eixos).

As 14 unidades, segundo explica a Marcopolo em nota, têm duas configurações: cinco ônibus são equipados com 43 poltronas leito e nove unidades, com configuração mista (leito/semileito), com 65 poltronas e duas classes de serviço. Todos os 14 veículos dispõem de cinco monitores fixos, sistemas de ar-condicionado e audiovisual, com DVD e três câmeras de monitoramento.

Segundo Marcopolo, são duas configurações de poltronas

Em nota, o diretor de Estratégia e Negócios Internacionais da Marcopolo, André Vidal Armaganijan, diz que o negócio trata-se da maior compra individual por uma operadora boliviana e se torna estratégico para o avanço da atuação da fabricante na América do Sul.

“Estamos intensificando a nossa presença na América do Sul e países como a Bolívia têm investido mais na modernização de suas frotas e em modelos cada vez mais sofisticados”, comenta.

Ainda na nota, a Marcopolo traz algumas das características do modelo.

O modelo conta com parede de separação com porta deslizante, banheiro, sistema multiplex, itinerário eletrônico, cinto de segurança retrátil, porta-copos, porta-revistas e geladeira. Dispõe ainda de tomadas USB para carregamento de equipamentos eletrônicos em todas as poltronas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Claiton Rodrigues da Silva disse:

    Parabéns a essa empresa Trans Azul pelo o sucesso de transporte de passageiros .

Deixe uma resposta