Metrô de Caracas opera gratuitamente

Bilhetes esgotaram e, por não conseguir comprar mais, a solução adotada foi liberar a entrada no metrô de forma gratuita.

Em meio à crise econômica, país não consegue comprar bilhetes para cobrar viagens dos passageiros

JESSICA MARQUES

O metrô de Caracas, na Venezuela, está operando gratuitamente. A medida não é uma forma de estimular o uso de transporte público, mas resultado dos impactos de uma crise econômica.

Frente à gravidade da situação financeira do país, o governo não consegue comprar os bilhetes para cobrar as viagens dos passageiros.

Segundo informações da mídia local, os bilhetes esgotaram e, por não conseguir comprar mais, a solução adotada foi liberar a entrada no metrô de forma gratuita.

“A empresa não voltou a comprar bilhetes porque não tem recursos para tal, e atualizar as tarifas não era opção, o que se reflete na decadência do sistema” — disse Alberto Vivas, ex-trabalhador da empresa de metrô, à imprensa local.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta