BYD anuncia parceria estratégica com empresa chinesa para fabricação de baterias para veículos elétricos

Acordo de cooperação estratégica com a Changan Automobile foi anunciado na última quinta-feira, dia 5 de julho

Acordo de cooperação estratégica com a Changan Automobile foi anunciado na última quinta-feira, dia 5 de julho

ALEXANDRE PELEGI

A BYD acaba de anunciar um acordo de cooperação estratégica com a Changan Automobile para a fabricação, em conjunto, de baterias para veículos elétricos.

O acordo prevê a colaboração das duas empresas na produção e venda dessas baterias através de uma nova entidade legal com sede em Chongqing, megacidade de 33 milhões de pessoas na região central da China.

A Changan Automobile é uma fabricante de automóveis chinesa  cuja principal atividade é a produção de carros de passageiros, microvans, furgões comerciais e caminhões leves.

Com a joint venture, a BYD e a Changan planejam atingir a capacidade total de produção da bateria de 10GWh em duas fases, com a primeira etapa estimada em 5-6GWh e a segunda fase em 4-5GWh.

zhu_BYD

Wang Chuanfu, presidente da BYD no ato de lançamento da parceria com a Changan Automobile

Wang Chuanfu, presidente da BYD, afirmou na solenidade de assinatura que o acordo “é um marco significativo na forma como a BYD conduz seus negócios e tem implicações para o segmento de baterias e o desenvolvimento de longo prazo de toda a organização”.

As duas gigantes do setor automobilístico pretendem ainda pesquisar em conjunto o sistema de direção autônoma e uma ampla gama de novas tecnologias para veículos elétricos. Isso inclui a reciclagem das baterias e a tecnologia de carregamento rápido. Elas também planejam melhorar a cadeia de suprimentos e montagem de automóveis.

Após iniciar como fabricante de baterias em 1995, a BYD planeja acelerar seus negócios e consolidar sua posição trabalhando com OEMs (Original Equipment Manufacturer, ou Fabricante Original do Equipamento) nacionais e internacionais, estabelecendo joint ventures e atraindo investimentos estratégicos.

Para o presidente da Changan Automobile, Zhu Huarong, a cooperação com BYD não serve apenas como um modelo de cooperação industrial, “mas estabelece também um novo marco para a indústria de carros inteligentes e veículos de energia da China“. O executivo afirmou ainda: “Vamos abrir caminho para uma revolução na indústria automotiva global, mais inteligente e mais ecológica“.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: