Câmara de Sorocaba vota concessão de área para garagem do BRT

Área pertencia à extinta TCS Foto: Rafael Cardoso Silva (Ônibus Brasil)

Local pertencia à extinta concessionária Transportes Coletivos de Sorocaba (TCS), e foi desapropriado em 2013. Concessão para o Consórcio “BRT Sorocaba” seria por 20 anos, cabendo à empresa construir garagem para os veículos do sistema

ALEXANDRE PELEGI

Um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de Sorocaba prevê a concessão da garagem da extinta concessionária Transportes Coletivos de Sorocaba (TCS) para o consórcio que vai operar o sistema BRT da cidade.

O prazo de concessão para o consórcio “BRT Sorocaba” será de 20 anos, mesmo tempo do contrato de operação do sistema.

A área será o local da construção de uma nova garagem, a ser construída pelo consórcio BRT Sorocaba com prazo de dois anos para iniciar a construção da estrutura, com a conclusão e início de funcionamento em quatro anos.

O acordo de concessão, previsto no PL, veda a cessão do espaço a terceiros, bem como repassa todas as taxas e tarifas públicas para concessionária.

A Câmara Municipal vai debater o PL na sessão desta quinta-feira, dia 5 de julho, com a presença do secretário municipal de Planejamento e Gestão, Luiz Alberto Fioravante.

A garagem da antiga TCS foi adquirida em 2013 por R$ 13,6 milhões, após ser declarada de utilidade pública pelo então prefeito Antonio Carlos Panunzio, que anuncio que no terreno seria construído um hospital municipal.

Para que a concessão da área ao Consórcio BRT seja aprovada, serão necessários dois terços dos votos da Câmara, 14 entre os 20 vereadores.

A Prefeitura de Sorocaba prevê iniciar as obras do BRT em setembro, com prazo final das obras em 24 meses. O projeto de nova rede de transportes e corredores exclusivos da cidade, anunciado em maio deste ano, constituiu-se na primeira PPP (Parceria Público Privada) completa de um sistema BRT do País.

Serão 68 quilômetros de corredores, com 28 estações, 3 terminais integrados, 4 estações de integração e 128 ônibus com Wi-Fi e ar-condicionado, de portes diferentes.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/05/10/sorocaba-apresenta-primeira-ppp-completa-de-brt-do-pais/

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. J.carlos Vieira disse:

    Muito bom….BRT PARABÉNS PELA MATÉRIA só esta faltando viaturas para fiscalizar paradas de veiculos na faixa da direita.esta dificil sorocabano ter bons modos .e respeitar placas de ploibido PARAR

Deixe uma resposta