Marcopolo faz parceria com a Randon para usar campo de provas no desenvolvimento de novos ônibus

O complexo tecnológico ocupa uma área de 87 hectares licenciada pelo IBAMA, e possui 18 pistas a céu aberto, que somam 15 quilômetros

Equipes de engenharia das duas empresas vão atuar juntas nos testes de modelos de ônibus

ADAMO BAZANI

A encarroçadora de ônibus Marcopolo e a fabricante de implementos rodoviários Randon assinaram nesta terça-feira, 03 de julho de 2018, um acordo tecnológico para desenvolvimento de novos modelos, que envolve a utilização do campo de provas da implementadora de veículos de cargas.

Ambas as empresas estão sediadas em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, na Serra Gaúcha.

Segundo a Marcopolo, no local serão realizadas avaliações que envolvem testes funcionais, estruturais e de durabilidade, “num trabalho conjunto entre as engenharias das duas empresas”.

Criado em 2010, o campo da Randon é considerado um dos maiores do país para testes de novos modelos de veículos comerciais leves e pesados, sendo usado já por empresas como como Renault, Nissan,Volvo, Marcopolo, DAF, International Caminhões, Agrale, Mercedes-Benz, Scania, MAN, BMW e Ford.

Segundo o CEO da Marcopolo, Francisco Gomes Neto, a utilização do campo de provas e a parceria com a Randon pode ajudar na melhoria da qualidade das carrocerias de ônibus e componentes.

“O expertise, a tecnologia e a mão de obra de elevado padrão são importantes diferenciais do nosso polo automotivo que precisam e podem ser cada vez mais e melhor explorados. Recentemente, fomos a primeira empresa da América Latina a conquistar certificação internacional para validar carrocerias de ônibus pela norma ECE R66, o que nos colocou no patamar mais elevado do mundo em termos de concepção e projeto dos veículos em atendimento às mais rigorosas normas de segurança existentes” – disse em nota.

Segundo a Marcopolo, entre os testes técnicos oferecidos estão os de eficiência energética, consumo de combustível e controle de emissões, além de testes de desempenho de veículos elétricos e movidos a hidrogênio, durabilidade acelerada, avaliações de ruído e homologações de sistemas de freio. “Uma equipe especializada, formada por engenheiros, técnicos e pilotos de testes planeja, executa e acompanha os trabalhos com o suporte de equipamentos de alta tecnologia em laboratório próprio” – acrescenta a nota.

Localizado em Farroupilha, o complexo tecnológico ocupa uma área de 87 hectares licenciada pelo IBAMA, e possui 18 pistas a céu aberto, que somam 15 quilômetros, dos quais 4 km são de pista reta e plana, para reprodução dos mais diferentes tipos de pavimentos e irregularidades. Os testes reproduzem diversas condições de operação.

O campo de provas da Randon é considerado o único da América do Sul projetado para suportar 16 toneladas por eixo na pista e também é usado para testes de vagões e carros ferroviários. Uma estação meteorológica ajuda a dar mais previsibilidade às atividades de testes programadas.

Participaram da assinatura da parceria nesta terça-feira, os CEO da Marcopolo, Francisco Gomes Neto, diretor de Engenharia da Marcopolo, Luciano Ricardo Resner, CEO da Fras-le, Sérgio de Carvalho, e diretor de Tecnologia e Inovação da Randon Autopeças, César Augusto Ferreira.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Danielarmelin@mail ,com disse:

    Ótima parceria boa mesma ótima para todos que acham ruim tudo o
    que são feitos no sul ótima mesmo

Deixe uma resposta