Bruno Covas diz que há combustível suficiente para circulação de ônibus até quarta-feira na cidade de São Paulo

Segundo a prefeitura, um dos objetivos é estimular o uso do transporte público nas regiões centrais da cidade. Foto: Adamo Bazani

Segundo o prefeito, apenas duas das mais de 1.300 linhas não estão em operação

JESSICA MARQUES

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse em entrevista coletiva que só há combustível suficiente para a circulação de ônibus até quarta-feira, na capital paulista. Segundo o prefeito, neste momento, apenas duas das mais de 1.300 linhas não estão em operação e são da empresa Sambaíba, na Zona Norte.

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 29 de maio de 2018, após reunião do Comitê de Gerenciamento de Crise, criado na sexta-feira. O Comitê foi formado no dia em que a Prefeitura decretou situação de emergência.

Às 13h, desta terça, 64% da frota programada para o horário estava em operação, segundo informações da SPTrans.

O rodízio municipal de veículos continua suspenso nesta terça-feira e até o próximo domingo, a zona máxima de restrição de caminhões não está ativa.

A falta de combustível para o transporte público é consequência da greve dos caminhoneiros, que chega ao nono dia nesta terça.

Leia mais em: Nono dia de Greve dos Caminhoneiros: Como fica sua vida nesta terça-feira. Acompanhe em tempo real

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. William de Jesus disse:

    Adamo, o prefeito não deu nenhuma previsão se conseguirão mais diesel ainda na quarta feira? Há risco de na quinta não ter frota circulando?

    1. blogpontodeonibus disse:

      Ainda sem esta previsão

Deixe uma resposta