Hamburgo, na Alemanha, instala placas proibindo circulação de veículos a diesel em ruas centrais

Foto: divulgação

Medida deve entrar em vigor até o final deste mês

ALEXANDRE PELEGI

Hamburgo, na Alemanha, pode se tornar a primeira grande cidade do país a proibir a circulação de carros a diesel em suas ruas.

A presença desse tipo de veículo é comum em carros de passeio nas cidades europeias, diferente do Brasil, onde apenas alguns modelos – como picapes grandes e veículos pesados – podem usar este combustível.

Nesta semana a cidade de Hamburgo passou a instalar cerca de 100 placas de trânsito informando que os veículos movidos a diesel estão proibidos de circular por certas ruas do centro.

A medida, que deve entrar em vigor até o final deste mês, proíbe os modelos que não atendem ao conjunto de regras de emissão de poluentes chamado “Euro 5”, adotado em 2009 na Europa e em 2012 no Brasil.

Hamburgo aguarda ainda decisão da Justiça alemã para ampliar a proibição a uma quantidade ainda maior de veículos, elevando a exigência para o “Euro 6”, que exige níveis de poluição ainda menores e está em vigor desde 2014 na Europa.

Cidades como Paris, Madri, Atenas e Cidade do México também têm planos de banir veículos a diesel até 2025. Países como França e Grã-Bretanha decidiram também proibir novos carros a gasolina e diesel até 2040, em uma guinada radical em direção aos veículos elétricos.

HISTÓRICO

A Alemanha inaugurou o debate à proibição do diesel em fevereiro deste ano. Grupos ambientalistas processaram as cidades do país que não cumprem as regras do ar limpo da Europa, enfrentando o lobby das montadoras que se opõem às proibições.

Leia aqui: Tribunal da Alemanha autoriza cidades a proibirem carros a diesel como forma de combate à poluição

 Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

 

Deixe uma resposta