Guarulhos e Arujá enfrentam nova paralisação de ônibus

Linhas metropolitanas também são afetadas - Clique na foto para ampliar

Protesto atinge linhas municipais em Guarulhos e as intermunicipais que vão para São Paulo e passam por Arujá

ADAMO BAZANI

Funcionários das empresas de Atual, Real, Guarulhos, Campos dos Ouros, Vila Galvão e Transdutra, de Guarulhos, na Grande São Paulo, cruzaram os braços nesta sexta-feira, 18 de maio de 2018.

A paralisação envolve linhas municipais de Guarulhos e as intermunicipais que passam por Arujá e com destino à capital paulista.

Os trabalhadores querem reajuste salarial.

A EMTU diz que pediu auxílio de outras empresas que operam na região para minimizar os impactos da greve.

As empresas afetadas têm 600 ônibus que operam 89 linhas.

Em torno de 100 mil pessoas são atingidas.

Alguns ônibus começaram a deixar as garagens por volta de 6h30

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: