Por causa de atrasos nos pagamentos, funcionários de três empresas de ônibus param no Rio de Janeiro

Rubanil já registou outras paralisações

Não saíram os ônibus da Viação Rubanil, Transportes América e Madureira Candelária.

ADAMO BAZANI

Funcionários de três empresas de ônibus no Rio de Janeiro cruzaram os braços no início da manhã desta sexta-feira, 04 de maio de 2018.

Os profissionais alegam que estão com salários e benefícios atrasados. Alguns atrasos chegam a sete meses, de acordo com os rodoviários.

São afetadas as empresas Viação Rubanil, Transportes América e Viação Madureira Candelária.

De acordo com o sindicato dos rodoviários, dez linhas não operam nesta sexta-feira:

– Viação Rubanil:

350 – Irajá – Passeio (regular)

350 – Irajá – Passeio (rápido)

351 – Irajá – Candelária (regular e rápido)

629 – Irajá – Saens Peña (regular)

685 – Irajá – Méier (regular)

– Transportes América:

376 – Pavuna – Candelária (via R. Mercúrio) (regular)

376 – Pavuna – Candelária (via R. Mercúrio) (variante)

665- Pavuna – Saens Peña (via Av. Pastor Martin Luther King) (regular)

– Madureira Candelária

349 – Rocha Miranda – Castelo (Circular) (regular)

355 – Madureira – Praça Tiradentes (regular)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Geyson Gomes disse:

    Tá certo eles, tem que meter o ferro mesmo nessas empresas

  2. Bernardo Dias disse:

    Só fazendo uma correção, a linha 629 ha tempos não vem sendo operada pela Rubanil. Atualmente ela vem sendo operada pela Caprichosa.

  3. Alvarenga disse:

    A 685 vem sendo operada pela Três Amigos

Deixe uma resposta