Grande Goiânia cria batalhão da PM para atuar na segurança de terminais de ônibus

Foto: Marco Monteiro / Diário de Goiás

Governo de Goiás anunciou a criação do batalhão para dar mais segurança aos passageiros

ALEXANDRE PELEGI

O Governo de Goiás decidiu criar o Batalhão de Terminais da Polícia Militar, que vai atuar diretamente nos terminais de ônibus de Goiânia. O objetivo é dar mais segurança aos passageiros.

A criação do batalhão integra um pacote de medidas de segurança lançado pelo Governo do Estado, batizado de “Mais Segurança”.

O governador José Eliton, ao lançar o programa em encontro com prefeitos da Região metropolitana, afirmou que a equipe do Batalhão de Terminais atuará no policiamento em tempo integral, com foco especial nas linhas de ônibus do Eixo Anhanguera, e contará com homens fardados e à paisana dentro dos ônibus e de cada terminal.

Outra promessa anunciada pelo Governo foi a instalação de câmeras de monitoramento ligadas à central da Polícia Militar (PM), além de totens fotográficos a serviço das polícias.

Além do novo batalhão da PM, o Governo anunciou para os terminais de Goiânia a criação de uma unidade especializada da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), órgão da Polícia Civil. A finalidade será investigar crimes cometidos contra usuários do transporte coletivo. A medida faz parte de outro programa, chamado de “Viagem Mais Segura”, que contará ainda com uma equipe do Corpo de Bombeiros para resgates e socorro. Outra medida será a garantia de segurança dos ônibus que operam fora do horário comercial, que poderão contar com escolta de viaturas.

Graças a um convênio firmado entre a Secretaria de Segurança Pública e o Ministério Público e Tribunal de Justiça, a Polícia Militar poderá fazer os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs). Desta forma, crimes cometidos dentro dos terminais poderão ter os BO’s lavrados no local.

O Batalhão de Terminais contará com dois mil novos homens que recém concluíram o curso de formação da Polícia Militar. O “Praça da Bíblia” é o primeiro terminal a funcionar com o novo esquema de segurança e a receber os equipamentos. A previsão do Governo de Goiás é que os demais terminais recebam os equipamentos até o final de maio.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta