Sindicatos dizem que continua nesta sexta-feira greve de ônibus em Belém, Ananindeua e Marituba

Justiça determinou frota mínima

Paralisações começaram nesta quinta-feira. Não houve acordo com viações

ADAMO BAZANI

Após assembleias promovidas nesta tarde de quinta feira, os rodoviários decidiram continuar nesta sexta-feira, 20 de abril de 2018, a greve de ônibus em Belém, Ananindeua e Marituba.

Segundo os dois sindicatos que reúnem a categoria, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém – Setranbel não havia oferecido até o início da noite nenhuma contraproposta às reivindicações dos trabalhadores.

Os rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba exigem redução da jornada de trabalho para 6 horas e 20 minutos, além de 10% de reajuste salarial e R$700 de vale alimentação.

Na terça-feira, diante do anúncio da paralisação dos ônibus, o Tribunal Regional do Trabalho – TRT determinou por meio de liminar a circulação de 80% da frota de ônibus em Belém.  A desembargadora do Trabalho, Francisca Formigosa, determinou ainda multa de R$20 mil por ônibus que circular sem cobrador; a decisão foi decorrente de anúncio feito pelos rodoviários de que poderiam circular com catraca livre.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta