Exposição de ônibus elétricos marca Sexta Sem Carro em São Paulo

Publicado em: 23 de março de 2018

Trólebus de 1949 e ônibus com baterias da atual geração foram expostos no Pateo do Collegio

Reportagem ADAMO BAZANI

Redação JESSICA SILVA

A nova edição da “Sexta Sem Carro”, na região central de São Paulo foi marcada por um apelo em prol do transporte não poluente, nesta sexta-feira, 23 de março de 2018.

No Pateo do Collegio, um dos marcos do nascimento da metrópole, a SPTrans colocou em exposição um ônibus 100% elétrico com baterias, ano 2016, e um trólebus ACFBrill, importado dos EUA, na segunda metade da década dos anos 1950.

Inicialmente estava previsto para ser exposto um micro-ônibus Volare elétrico, mais novo ainda, em vez de o ônibus de 12 metros apresentado.

Não se trata de falar de passado ou presente, já que os trólebus se modernizaram e hoje, do ponto de vista técnico e financeiro, continuam mostrando viabilidade.

Entretanto, é possível falar sim em evolução, não se limitando a comparar trólebus com ônibus à bateria, mas sob o aspecto de que hoje há mais opções de tecnologias que podem deixar os ônibus menos poluentes.

O edital de licitação dos transportes da cidade, que deve ser lançado neste semestre vai incorporar a nova lei de restrição às emissões, com metas de reduções. A lei foi sancionada no início do ano, pelo prefeito João Doria.

Relembre:

Doria aprova alteração da Lei de Mudanças Climáticas, mas veta inspeção veicular

Apesar da modernidade do ônibus que atualmente opera no Consórcio Plus, na Zona Leste, o xodó da mostra foi o trólebus, que guarda em si o charme de uma metrópole que sempre precisou buscar a evolução.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes.

Comentários

  1. Jair disse:

    Jessica Boa Tarde
    Matéria importante e agradavel, embora sua fonte não tenha sido preciso ao falar sobre os formidaveis trolebus ACF Bril, cujos 75 veiculos oriundos de Denver (Colorado) dos Estados Unidos foram adquiridos usados nos anos 50. pela CMTC
    Os primeiros trolbebus que inauguraram o sistema em 1949, foram:
    4 BUT
    6Pulman
    Compras seguintes:
    20 Westram
    50 Uerdingem em 1954
    75 ACF Brill em 1957 (já usados) fabricados entre 1946\48
    Novas compras foram de veúlos fabricados no Brasil inclusive pela propria CMTC
    Estou gostando das suas matérias
    Parabéns

    1. blogpontodeonibus disse:

      Obrigado.
      Vamos alterar

Deixe uma resposta