Marcopolo, Neobus e Volare lançam novos modelos no México e unidade de Monterrey vai fazer rodoviários

Ônibus de dois andares estão entre os principais produtos da empresa no País.

De acordo com fabricante, o País é o segundo maior mercado latino de ônibus, ficando somente atrás do Brasil

ADAMO BAZANI

O grupo da Marcopolo vai ampliar sua atuação no México e anunciou lançamentos de modelos e maior autonomia da engenharia em relação ao Brasil.

Na Expo Foro 2018, evento destinado ao setor de transportes, o grupo lançou o MP Volare, primeiro miniônibus fabricado na unidade de Monterrey, e o Mega TR, micro-ônibus urbano da marca Neobus, além de ônibus urbanos com configurações especiais e combustíveis alternativos, como o gás natural.

O objetivo da Marcopolo é, com os novos modelos, atingir os principais segmentos dos transportes do País, como fretamento e turismo, e de micros urbanos.

Entre os modelos lançados estão, além do MP Volare e do Mega TR, o MP 60 TR, MP 60 Express ART, MP 60 LE, MP 60 CNG e MP 120 com chassi Volvo B11R.

De acordo com o diretor-geral Marcopolo México, Paulo Andrade, a Marcopolo vai aumentar a autonomia da engenharia e vai produzir até o final do ano, na fábrica de Monterrey, também os modelos rodoviários.

 “Para isso, faz quase um ano que estamos investindo grandes esforços para integrar a Marcopolo México com a gestão de negócios da empresa e as demais operações globais, além de também potencializar as nossas atividades de engenharia, visando a fabricação completa da família MP de rodoviários (MP  105, MP 120, MP 135 e MP 180)”, explica o executivo, em nota.

A planta no México começou a operar em 1999 e hoje ocupa um terreno de 547.625 m², dos quais 42.209 m² são de área construída.  Ao todo são 900 funcionários na planta que atualmente possui uma capacidade de produção de 4.500 unidades por ano

Segundo Paulo Andrade, a diversificação de produtos tem feito com que a Marcopolo conquiste fatias maiores de mercado, com modelos e soluções de engenharia cada vez mais específicos para o mercado mecxicano.

“Possuímos a linha mais completa de veículos do mercado mexicano, desde o novo MP Volare, o menor modelo produzido, até os Double Decker MP 180, passando pelos urbanos convencionais e articulados, e rodoviários para curtas e longas distâncias … O mais importante é que esta ampla variedade de modelos é cada vez mais desenvolvida e produzida localmente, da engenharia à fabricação, com ênfase e valorização da indústria e da mão de obra local, reconhecida pelo seu elevado padrão de qualidade e capacitação” – disse na nota.

No mesmo comunicado à imprensa especializada, a Marcopolo explica os dois principais lançamentos da marca neste ano:

Primeiro miniônibus fabricado na unidade de Monterrey, o MP Volare tem características únicas de conforto, segurança e eficiência. Com 2,33 metros de largura externa, o veículo foi desenvolvido para o segmento executivo e de turismo. Pode transportar mais passageiros que os modelos disponíveis no mercado e proporciona elevado nível de conforto, com amplo espaço para circulação no corredor central.

 “O veículo será oferecido com chassis Volkswagen e Mercedes-Benz, duas opções de comprimento, 8,7m e 9,15m, e atende aos desejos dos operadores mexicanos, que a cada dia procuram modelos que tenham como diferenciais maior conforto, segurança, sofisticação e rapidez nos deslocamentos. A largura interna é 2,25m, com 1,905 m de altura interna”, comenta Paulo Andrade.

O novo Mega TR apresenta um novo conceito de versatilidade que se adapta facilmente às exigências do transporte coletivo de passageiros em centros urbanos. Foi projetado especialmente para ser um veículo ágil, econômico e seguro, o que representa um grande diferencial no mercado seguindo os padrões de qualidade e tecnologia Marcopolo. Produzido com estrutura de aço galvanizado e capacidade para 41 passageiros, o veículo pode ter de 8,55m a 10,85m de comprimento e 3,34m de largura.

Os ônibus de dois andares devem continuar sendo, entretanto, um dos principais apelos de mercado da Marcopolo.

Em 2017, Marcopolo vendeu 150 unidades do MP 180

Segundo a marca, no ano passado, o modelo MP 180 liderou no segmento de rodoviários de dois pisos. Em menos de um ano, segundo a Marcopolo, foram vendidas 150 unidades do MP 180, sobretudo para aplicações em turismo de longa distância e interprovincial.

O mercado mexicano tem o hábito de oferecer aos passageiros mais ônibus de dois andares, mesmo em rotas médias, que, se fossem por aqui, seriam cumpridas com veículos com um pavimento.

Todavia, os chamados Double Decker têm ganhado importância no Brasil, com mais unidades vendidas, principalmente após a homologação  no ano passado dos modelos com 15 metros de comprimento.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

7 comentários em Marcopolo, Neobus e Volare lançam novos modelos no México e unidade de Monterrey vai fazer rodoviários

  1. Parabéns vcs da Marco Polo tem projetos sensacional sou fan de ônibus com os que vcs aí fábrica faz mais minha paixão aumentar

  2. Muito bom isso vamos precisar de modelos assim por aqui

  3. Não achei nada de Extraordinário esse modelo do México não.
    Não impactou, nem surpreendeu. Acho que por aqui a Marcopolo tinha que lançar o Paradiso 1350 com parabrisa iguais os do G6 do mesmo modelo. Só os Bi partidos já entraram na mesmice… Vamos inovar nesse belíssimo e competente modelo…

    • Os empresários preferem o parabrisa bipartido, pq o custo em caso de troca é menor. Atualmente a linha G7 oferece o parabrisa inteiriço como opcional.

  4. Como os ônibus tem tamanho alto a tendência é que os designers tenham sempre as lanternas trazeiras na vertical, por isso ficam sempre muito parecidas, nas laterais também não da pra fazer muito, mas a frente tem que ser inovadora, pois é a única parte que da pra fazer algo diferente. Por dentro, no geral as encarroçadoras tem caprichado.

  5. Prefiro Caio e busscar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: