Marcopolo conquista certificação internacional para validar carrocerias pela norma ECE R66

Publicado em: 5 de março de 2018

Programa também vê os pontos onde são necessários reforços e aumento da maleabilidade.

É possível agora fazer a análise virtual para tombamento de carrocerias de ônibus

ADAMO BAZANI

A fabricante brasileira de carrocerias Marcopolo conquistou uma certificação internacional para validar virtualmente seus ônibus pela norma mundial ECE R66, que impõe regras sobre segurança e tombamento.

A informação foi divulgada pela Marcopolo nesta segunda-feira, 05 de março de 2018, mas a certificação foi concedida no segundo semestre de 2017, pela VCA – Vehicle Certification Agency ), “entidade internacional homologadora designada para veículos rodoviários e off-roads e tratores agrícolas (Diretivas e Regulamentos da UE e Regulamentos ECE automotivos) e pertencente ao Departamento de Transportes do Reino Unido, que garante que a metodologia de análise virtual de tombamento da Marcopolo é válida e aceita para homologação de carrocerias, no que diz respeito à resistência ao capotamento (ECE R66).” – conforme explicou em nota.

O gerente administrativo geral de vendas, Roberto Stallivieri, que foi o engenheiro que acompanhou todas as etapas do projeto, explicou em nota que com esta certificação, não é mais necessário fazer o tombamento físico dos ônibus.

“A partir de agora, não é mais necessário realizar um teste de tombamento físico. Estamos certificados pela VCA a homologar qualquer estrutura por simulação virtual, para qualquer mercado reconhecido pela VCA (todos os países membros das Nações Unidas)”, enfatizou o executivo em nota.

A sede da Marcopolo poderá implantar esta metodologia em todas as fábricas que possui ou é coligada no mundo, mesmo para a validação dos projetos desenvolvidos em cada mercado específico.

A empresa informou que com a certificação virtual, o custo e o tempo de homologação dos modelos de ônibus devem cair de maneira significativa.

Com a possibilidade de usar a metodologia em diversas plantas, a Marcopolo diz que será possível estabelecer um padrão mundial de conceitos estruturais, fazendo com que todos os Type Approvals para ECE R66 sejam analisados e encaminhados da mesma forma e a partir da unidade brasileira.

Simulações mostram as áreas onde há maior pressão sobre carrocerias em curvas e desníveis de pista

Stallivieri disse que será possível aprimorar os investimentos de segurança e que o processo para a conquista foi longo.

“A Marcopolo está comprometida com a segurança das pessoas, por isso, essa certificação de análise de tombamento virtual permitirá que a engenharia projete veículos cada vez mais seguros e com um tempo de projeto reduzido. Sem dúvida, esse processo coloca a engenharia da Marcopolo entre as mais avançadas da indústria automotiva brasileira”, comenta.

Em nota, a encarroçadora explica ainda que a VCA South America tem 40 anos de experiência e possui uma filial em São Paulo.

Com quase 40 anos de experiência no mercado internacional, a VCA dá assistência à indústria automotiva do Reino Unido e mundial, e tem operações em diversos países, como Austrália, Brasil, China, Coreia, Estados Unidos, Japão, Índia, Itália, Malásia e Turquia.

Com sede em São Paulo, a VCA South America oferece para serviços como homologações de novos veículos, sistemas e componentes, reconhecidas internacionalmente, de acordo com as diretivas e regulamentos da União Europeia e ECE; validação dos processos para manter conformidade de produção – parte fundamental de todas as homologações internacionais de produtos automotivos; suporte regulatório para venda de veículos em países da América do Sul, e certificação compulsória brasileira de componentes automotivos em colaboração com o Instituto da Qualidade Automotiva (IQA).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Alexandro disse:

    Eu acharia melhor e vcs urgentemente fazer algo de protecao p a vida dos chofes n frente o q fazem nao temos seguranca alguma d uma colisao e mais essas portas d vidros p a entrada dos passageiros e errado uma forte arma tambem para o motorista ser morto por ele como os parabrisas eas portas e vedem qualquer tipo d brexa ou buraco p q qualquer ar ou cheiro entra ou sai p cabine nos nao suportamos o cheiros d banheiro q passa p cabine entao resolvam isso isso e p todas q fabricam carrocerias ok sou chofer sei o q esta desejando vcs todos e pensem mais n seguranca d motorista sem uma protecao mais forte p impactos d colisao fibras e vidros nao salva vidas nao ok

Deixe uma resposta