Isolados, protestos contra reforma da previdência paralisam transportes em algumas regiões

Ônibus em Sorocaba, região atingida pelas manifestações de centrais sindicais. Foto Ilustrativa, clique para ampliar

Paralisações devem acabar ainda nesta manhã

ADAMO BAZANI

Passageiros de algumas regiões do país enfrentam dificuldades na manhã desta segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018, para ir trabalhar, estudar ou ir ao médico por causa de manifestações isoladas contra a proposta de Reforma da Previdência promovidas por centrais sindicais.

Há paralisações em cidades como Florianópolis, em Santa Catarina, e em toda a região metropolitana de Sorocaba, no interior de São Paulo.

Na cidade de Florianópolis, alguns ônibus já começam a voltar e na região de Sorocaba, a normalização deve começar depois das 8h.

Na capital paulista, os sistemas de transportes púbicos funcionam sem restrições.

No ABC Paulista, sindicalistas fecharam o Terminal de Santo André agora há pouco, prejudicando a circulação dos passageiros de ônibus.

Em Santo André, ônibus até saíram das garagens, mas foram impedidos de entrar no Terminal.

https://diariodotransporte.com.br/2018/02/19/guarulhos-e-santo-andre-com-problemas-de-transportes-por-causa-de-manifestacoes-contra-reforma-da-previdencia/

Há manifestações em portas de fábricas no ABC. Segundo leitores do Diário do Transporte, os sindicalistas não estão permitindo os ônibus de fretamento entrarem para deixar os funcionários para o turno da manhã. como tem ocorrido na Volkswagen, em São Bernardo do Campo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: