Tarifa de ônibus em Sorocaba sobe para R$ 4,20 no dia 17

Contrato permitirá realizar 1ª fase do BRT, corredor norte-sul

Subsídio ao sistema será de R$ 68 milhões neste ano

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Sorocaba, no interior de São Paulo, anunciou nesta terça-feira, 09 de janeiro de 2018, que a tarifa básica do ônibus municipais vai subir de R$ 4,10 para R$ 4,20 no próximo dia 17 de janeiro (uma quarta-feira). O aumento é de 2,44%

O passageiro pode comprar os créditos com o valor atual de R$ 4,10 até o dia 15. Estes créditos terão validade de apenas 90 dias, ou seja, até 15 de abril.

Na capital paulista, por exemplo, os créditos têm validade ilimitada.

Ainda de acordo com a prefeitura de Sorocaba, o vale-transporte, comprado pelos empregadores aos funcionários, passa no dia 17 de janeiro de R$ 4,60 para R$ 5,25.

Já o passe-estudantil passa de R$ 1,60 para R$ 2.

Aos domingos a tarifa que era de R$ 2,50 vai para R$ 4.

Segundo a prefeitura, em nota, os “valores estão alinhados com as metas previstas no PPA (Plano Plurianual do Município) 2018-2021.”

Em Sorocaba, a integração ocorre por uma hora, período pelo qual os passageiros podem usar até quatro linhas de ônibus no mesmo sentido de trajeto, ou seja, não poder ser usada para a volta. As gratuidades para idosos são concedidas a partir dos 60 anos.

A administração do prefeito José Crespo calcula que neste ano, o subsídio ao sistema de transportes será de R$ 68 milhões e explica que a complementação ajuda a custear parte das gratuidades. A nota ainda diz que o aumento é necessário porque houve aumento nos custos para as empresas operarem os transportes e diminuição no número de passageiros.

O reajuste da tarifa foi necessário para que a Prefeitura de Sorocaba possa reduzir o subsídio ao transporte, que para o ano de 2018 foi projetado em aproximadamente R$ 68 milhões. O subsídio nada mais é do que o repasse de recursos orçamentários que o poder público deve fazer às duas empresas concessionárias (Consor e STU) que atuam no Sistema de Transporte Coletivo da cidade para amenizar os impactos das gratuidades e benefícios oferecidos à população. Ele ainda supre a diferença financeira entre o valor da tarifa pública e a remuneração dos serviços das empresas de ônibus, que inclui a tarifa técnica e o custo por quilômetro rodado.

Além disso, a necessidade do reajuste considera também os reflexos da inflação na variação de preços sobre os insumos que incidem no custo do transporte, como pneu e combustível, desde o último reajuste aplicado no dia 2 de março de 2017. Nos últimos nove meses, o litro do óleo diesel subiu R$ 0,33. Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o preço médio de revenda do diesel em Sorocaba passou de R$ 2,89 em abril do ano passado para R$ 3,22 em dezembro do mesmo ano, ou seja, teve um aumento de um pouco mais de 10%.

Outra necessidade do aumento da tarifa ocorre devido à queda acentuada de passageiros transportados registrada nos últimos 5 anos. Em 2013, a média de usuários pagantes no transporte por mês foi de 4.864.139,58. Em 2017, esse volume foi de 4.025.387,73 (janeiro a novembro), ou seja, 838.751 passageiros a menos por mês, o que representa uma queda de 17,24% nos últimos 5 anos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Tarifa de ônibus em Sorocaba sobe para R$ 4,20 no dia 17

  1. Joao Luis Garcia // 9 de janeiro de 2018 às 22:17 // Responder

    Atitude sensata da Administração Pública da cidade de Sorocaba
    O VT adquirido pelo empregador terá um maior aumento
    Justo pois com isso não se previlegia as indústrias e o comércio
    Com essa atitude há o Subsidio ao sistema todo
    Pena a gratuidade não ser apartir de 65 anos como prega a Leí Federal
    Sorocaba assim como todas as demais cidades do País sofre com a queda do número de passageiros pagantes, infelizmente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: