Greve de motoristas prossegue em Araçoiaba da Serra e Salto de Pirapora

Foto do site: http://www.aracoiabadaserra.com.br/

Previsão é que a paralisação deva ser julgada somente após o recesso do Judiciário, no dia 8 de janeiro

ALEXANDRE PELEGI

As linhas do transporte urbano em Araçoiaba da Serra e Salto de Pirapora continuam paralisadas.

Operadas pelas empresas Auto Viação Marchiori e Viação Piracema, os trabalhadores decidiram continuar a greve após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (29).

O movimento paredista começou na última terça-feira (26), motivado pela falta de pagamento de salários e do 13º. A greve nos dois municípios da região de Sorocaba (SP) envolve 70 trabalhadores, de motoristas e cobradores a funcionários da manutenção.

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) realizou audiência nesta quarta-feira (27), quando determinou, por considerar o serviço essencial à população, que 30% da frota deverá ir às ruas das duas cidades. Esse percentual representa dois ônibus em Araçoiaba da Serra e três em Salto de Pirapora.

A diretoria do Sindicato dos Rodoviários, através de Enio Ferreira Barbosa, afirmou à imprensa regional que na audiência do TRT-15 as empresas não apresentaram proposta para resolver o impasse.

O sindicato tentou ainda se encontrar com representantes das duas empresas, que afirmaram não haver previsão para o pagamento do 13º dos rodoviários.

Marchiori e Piracema integram um grupo empresarial do qual fazem parte, além da Sanitur, outras duas companhias. Todas essas empresas de transporte operam linhas na região de Sorocaba.

No dia 1º de dezembro os motoristas da viação Piracema, que atuam nas linhas intermunicipais de Salto de Pirapora, Araçoiaba da Serra, São Miguel Arcanjo e Itapetininga, haviam iniciado uma greve. Eles alegaram que a empresa estaria descumprindo o acordo coletivo de trabalho. A greve, no entanto, foi suspensa por decisão de assembleia realizada no fim da tarde do mesmo dia.

A Viação Marchiori ainda não realizou a homologação de 24 trabalhadores que foram demitidos no dia 16 de outubro em Araçoiaba da Serra, de acordo com o Sindicato dos Rodoviários.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Greve de motoristas prossegue em Araçoiaba da Serra e Salto de Pirapora

  1. Luis Marcello Gallo // 30 de dezembro de 2017 às 17:50 // Responder

    PARALISAÇÃO, com z, é de doer…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: