Bruno Araújo pede demissão do Ministério das Cidades

Tucano pediu demissão do governo Temer na tarde desta segunda-feira (13)

ALEXANDRE PELEGI

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, deixou o governo Temer.

Ele pediu demissão na tarde desta segunda-feira (13) numa carta em que agradeceu a confiança do presidente, e onde disse não contar mais com apoio de seu partido (PSDB) para que continuar no cargo.

Bruno Araújo disse à imprensa que tomou a decisão por acreditar que faltou firmeza ao PSDB para que continuasse no cargo.

Araújo, que é deputado federal por Pernambuco, estava no governo desde maio de 2016, início da gestão de Michel Temer

Bruno é o primeiro ministro do PSDB a pedir demissão diante das movimentações da cúpula do partido para desembarcar do governo Temer.

Veja abaixo a carta de demissão de Bruno Araújo, entregue minutos antes de participar de um evento da pasta ao lado do presidente:

carta_demissao

2 comentários em Bruno Araújo pede demissão do Ministério das Cidades

  1. Olá

    possuo um portal de mudanças residencias, mudancaseconomicas.com.br, gostaria de saber se é possível ter um informe publicitário no Diário. Grato.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: