Licitação do sistema de ônibus de Campinas vai atrasar novamente

Publicado em: 27 de outubro de 2017

Com licitação, frota também deve ser melhorada

De acordo com o secretário de transportes, por questões técnicas e também devido à crise econômica, não é viável lançar o edital neste ano

ADAMO BAZANI

A licitação dos transportes coletivos de Campinas, no interior de São Paulo, que deveria ter sido iniciada em março de 2016, ficará somente para 2018.

A nova previsão foi anunciada pelo secretário de transportes da cidade, Carlos José Barreiro.

Somente no primeiro trimestre do ano que vem é que deve ser lançado o edital.

Já é o terceiro adiamento do processo licitatório, que pretende abrir a possibilidade de entrada de novas empresas de ônibus e reestruturar o sistema.

O atual contrato com as empresas de ônibus é de 2005, mas foi considerado irregular pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCE que julgou a licitação ilegal. No entendimento dos conselheiros, houve restrição à concorrência, por meio da capacidade técnica no julgamento da licitação pelos técnicos da prefeitura, usada como critério de desempate.

Para justificar o atraso na licitação, Barreiros citou a crise econômica que, segundo o secretário, fez com que o número de passageiros caísse de uma média de 8 milhões por ano para 6,4 milhões por ano, o que prejudicaria projeção de demanda para os próximos 15 anos, tempo estimado para os novos contratos.

Além disso, o secretário de transportes alega questões técnicas que precisam ser melhor definidas, como as mudanças no sistema quando estiverem em  operação os corredores exclusivos do sistema BRT, ligando o centro de Campinas aos distritos de Campo Grande e Ouro Verde .

Barreiros confirmou que a licitação vai levar em conta a criação de uma área onde só circularão ônibus elétricos, chamada área branca, na região central, conforme já havia adiantado em entrevista ao Diário do Transporte.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/05/26/entrevista-campinas-tera-so-onibus-eletricos-na-regiao-central-garante-secretario/

Hoje os transportes em Campinas são operados pela VB Transportes e Turismo Ltda., Onicamp Transporte Coletivo; Consórcio Concicamp, formado pela Itajaí Transportes Coletivos Ltda. e Expresso Campibus Ltda., Consórcio Urbcamp, com ainda três cooperativas que operam no Sistema InterCamp.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Ops!

    Acendeu uma luz de alerta.

    Atraso na licitação do buzão em Sampa, ABC e agora Campinas.

    Tem gato nessa tumba e muuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiitos.

    O que será que está por traz desse atraso ???????

    Tá muito na cara todos esses atrasos.

    Aiiiiiiiiiiiii tem.

    PREVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta